Porto Velho (RO) sábado, 28 de novembro de 2020
×
Gente de Opinião

Política

Justiça mais vez confirma impossibilidade de fraude nas eleições


As propostas não passam de um estelionato”, disse o Juiz Raduan 

 
Na tarde de quinta-feira (25) a Polícia Federal efetuou a prisão de um grupo de três pessoas no momento em que tentavam tirar dinheiro de um candidato a prefeito de Porto Velho, com a promessa de garantia de eleição. As diligências rumo às prisões duraram mais de 30 dias, sendo coordenadas pelo Delegado da Polícia Federal Celso Rogério Mochi. O Juiz da 6ª Zona Eleitoral, Raduan Miguel Filho e o Promotor Eleitoral Cláudio Wolff Harger acompanharam de perto as atividades.

“As propostas de fraude na urna eletrônica não passam de um estelionato”, falou o Juiz Raduan Miguel, que deferiu várias diligências visando prender os estelionatários.

Apesar do procedimento que apura a tentativa de fraude citada estar tramitando em segredo de justiça, o magistrado adiantou que a proposta apresentada pelos estelionatários consistia na inserção de um vírus nas urnas eletrônicas, cujo vírus seria capaz de desviar 30% dos votos de um candidato para outro.

CREDIBILIDADE

Eduardo Gil Tivanello, Secretário de Tecnologia da Informação do Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia, ao falar sobre a manipulação dos dados das urnas eletrônicas, afirmou ser isso tecnicamente impossível. Disse que existe uma mega estrutura de segurança envolvendo processamento constante de resoluções e sistemas. Os softwares desenvolvidos pelo Tribunal Superior Eleitoral passam por vários testes, tudo acompanhado pelos partidos políticos, OAB, Ministério Público e Judiciário.

No pleito eleitoral de 2008 está sendo utilizado o sistema operacional Linux, que visa dar maior credibilidade à tecnologia empregada nos sistemas eleitorais, pois é um software livre, sendo seu código auditado pelos partidos políticos. “Todo software é assinado digitalmente”, lembrou Eduardo Gil. Se ocorrer alguma alteração na assinatura do programa em qualquer lugar do país, a mesma não será compatível e deixará de funcionar automaticamente, sendo facilmente detectada, ressaltou.

“Várias ilações infundadas sobre fraude nas urnas eletrônicas já foram suscitadas. Todavia, nenhuma com fundo de verdade, pois até hoje, não se conseguiu provar ser frágil o sistema de urna eletrônica no Brasil, e isso é impossível de ocorrer”, garantiu o Juiz Raduan.

No último dia 12, aconteceu a cerimônia de assinatura digital e lacração dos sistemas que serão utilizados nessas Eleições. O local do evento foi o Tribunal Superior Eleitoral. Na ocasião estavam presentes o Presidente do TSE, representantes da OAB, MP e partidos políticos.

Nesta sexta-feira (26), acontece a cerimônia de geração das mídias que possuem os dados dos candidatos, partidos e locais de votação da Capital, na forma constante no art. 22 da Resolução do TSE n. 22.712 de 2008. Em seguida, serão realizadas as cerimônias de carga e lacração das urnas. Todas essas fases também são realizadas com a participação dos representantes dos órgãos citados acima, tendo ampla divulgação e fiscalização.

AUDITORIAS

Objetivando fortalecer ainda mais a credibilidade das urnas, em todo o território nacional, no dia das eleições 2008, acontece o processo de Auditoria do funcionamento das urnas eletrônicas mediante votação paralela (Resolução TSE nº 22.714/08). Em Rondônia, o evento terá lugar na Sala de Treinamentos da Secretaria de Informática, na Sede do TRE, sito na Av. Presidente Dutra, 1889, Areal.

A votação consiste em sortear 2 urnas dentre as 3.858 que serão utilizadas no Estado, sendo que as sorteadas passarão por testes durante todo o dia do pleito.O objetivo é comprovar o funcionamento correto dos seus programas. Os trabalhos serão acompanhados por um magistrado, representantes do MP, OAB e dos partidos. 

Fonte: Ascom/TRE RO

Mais Sobre Política

Presidente Laerte Gomes articula reunião com representantes da agroindústria de Rondônia, Idaron e Sefin

Presidente Laerte Gomes articula reunião com representantes da agroindústria de Rondônia, Idaron e Sefin

O presidente da Assembleia Legislativa, Laerte Gomes (PSDB), junto com os deputados Ismael Crispin (PSB), Cássia Muleta (Pode) e Chiquinho da Emater a

Deputados votam a LDO para 2021, com quatro emendas

Deputados votam a LDO para 2021, com quatro emendas

Os deputados estaduais aprovaram, em sessão extraordinária nesta terça-feira (24), o PL 557/20, que dispõe sobre as Diretrizes para a elaboração da Le

Sargento Eyder Brasil defende local digno de trabalho aos policiais do 5º BPM  e cobra desburocratização

Sargento Eyder Brasil defende local digno de trabalho aos policiais do 5º BPM e cobra desburocratização

Durante a sessão ordinária desta terça-feira (24), o deputado estadual Sargento Eyder Brasil (PSL) defendeu um local digno de trabalho aos policia

Vereadora Cristiane Lopes cobra melhorias para bairros da Capital

Vereadora Cristiane Lopes cobra melhorias para bairros da Capital

A vereadora Cristiane Lopes (progressistas), mesmo em campanha do segundo turno rumo à prefeitura de Porto velho, não parou com os seus trabalhos le