Porto Velho (RO) quinta-feira, 19 de julho de 2018
×
Gente de Opinião

Política

INCLUSÃO - Prorrogado prazo para cadastro de deficiente



Foi prorrogado até o dia 15 de setembro o prazo de cadastramento para que portadores de deficiência e necessidades especiais obtenham o de documentação que garanta gratuidade no transporte coletivo de passageiros, além de superar barreiras de quem não tem como pagar por consultas e exames médicos especializados. A data anterior expirou no último dia 8, mas em função dos feriados e também por solicitações, os responsáveis pela campanha alteraram a agenda.INCLUSÃO - Prorrogado prazo para  cadastro de deficiente - Gente de Opinião

A campanha é uma iniciativa do gabinete do prefeito de Porto Velho, dr Hildon Chaves, através do trabalho voluntário de Jailton Delogo, deficiente visual de nascença. Pela proposta, o mutirão, que já cadastrou 86 deficientes, visa ajudar a pessoas que não podem bancar despesas médicas que necessitam de laudos para obtenção de benefícios, inclusive aposentadoria junto ao INSS.

O trabalho é feito em conjunto com a Secretaria Municipal de Saúde, que ajuda no levantamento de quantos benefícios serão realizados, incluindo oftalmologia otorrinolaringologista, etc. Os interessados podem solicitar o serviço ou entrar em contato com a coordenação do projeto pelo e-mail pvhpromovendoainclusao@gmail.com , pelo facebook jailtondelogoinclusao e, ainda, na página portovelhopromovendoainclusao, além do watsapp 9 9387-5067

Jailton deixa claro que, apesar da iniciativa da gestão do prefeito dr Hildon Chaves em querer eliminar barreiras que dificulta a vida de quem tem limitações, “os resultados dos exames e os laudos é que dirão quem se enquadra no perfil ou não, tudo através de um diagnóstico adequado”.

Fonte: Comdecom.

Mais Sobre Política

CAERD realiza campanha para recuperação de crédito junto aos seus consumidores

CAERD realiza campanha para recuperação de crédito junto aos seus consumidores

Descontos para pagamentos a vista de até 100% nos juros e multas ou parcelamentos especiais para clientes que possuem débitos

A lei permite “fatiar” a empresa para encaixá-la no SUPER SIMPLES?

A lei permite “fatiar” a empresa para encaixá-la no SUPER SIMPLES?

A Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) estabelece que a jornada de trabalho é de 8 horas diárias ou 44 horas semanais.