Porto Velho (RO) quarta-feira, 14 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política

Fátima em Vilhena: O povo quer mudança


Em mais um roteiro da Caravana do Coração, na cidade de Vilhena e Pimenta  Bueno quando ocorreram mais duas carreatas, a candidata ao governo pela coligação Rondônia no Coração, senadora Fátima Cleide, disse estar convicta de que o "povo quer mudança".

"Estou constatando nas ruas, nestas carreatas, que o povo de Rondônia deseja outro governo, quer mudança. A receptividade a minha candidatura foi muito boa. Agradeço ao eleitorado, à população de todas as cidades onde estive pelo carinho recebido", disse Fátima.

A candidata disse que continuará a campanha em ritmo forte até o último minuto. "Tenho fé de que estarei no segundo turno. As pessoas perceberam que é preciso um governo com sensibilidade, com credibilidade e com propostas concretas para promover transformação no Estado, uma transformação que considere o ser humano, uma transformação capaz de nos levar a um modelo de desenvolvimento", diz.

Muito bem acolhida em Vilhena e Pimenta Bueno, em duas carreatas animadas, Fátima parabeniza os organizadores da Caravana do Coração e seus participantes. "Sem a sua contribuição voluntária não seria possível promover uma atividade como a Caravana, com enorme sucesso".

Segundo o presidente do PT, Tácito Pereira, a Caravana do Coração foi um ato para demonstrar ao povo de Rondônia "a virada na campanha". "E notamos que muitas pessoas que estavam indecisas agora já decidiram seu voto. Ou que tinham em mente votar em determinado candidato agora avaliam que Fátima Cleide é a melhor opção".


 "Com Ivo, Estado não tem rumo, não tem norte", diz Julio Olivar

O candidato a vice da coligação "Rondônia no Coração", jornalista Julio Olivar, disse durante comício em Alto Alegre dos Parecis que o governo de Ivo Cassol "não tem rumo, não tem norte".

"Há completa falta de planejamento. Ele tirou técnicos competentes da Secretaria de Planejamento para colocar a família. Vai mal este governo. E o governador ainda tem a cara de pau de dizer que é transparente. Ele traz  parentes, tornando o governo uma extensão dos negócios privados", acusou Julio.

Julio Olivar declarou também ser necessário dar "um choque de modernidade" em Rondônia. "Há quatro anos que em Rondônia não entra nenhum investimento externo. Em Porto Velho, não há uma só indústria no distrito industrial. A capital, que já ocupou mais de 30% do total de presença de industrias no Estado, hoje ocupa 17% ", declarou.

Para que Rondônia deixe de ser governada exclusivamente para os ricos, Julio defendeu mudança com a eleição de Fátima Cleide  para o governo estadual::"Fátima coloca sua capacidade e sensibilidade a serviço da população".

Impressionado com a quantidade de pessoas que foram ao comício em Alto Alegre, Julio Olivar disse que a populaçao dava "um show de cidadania" e que soube votar bem ao eleger Padre Tom(PT) prefeito do município, "uma administração exemplar".

Centenas de pessoas ouvem Fátima em Alto Alegre dos Parecis

A presença em massa de moradores das áreas urbana e rural de Alto Alegre dos Parecis durante comício da coligação "Rondônia no Coração"  impressionou os candidatos. "Parabenizo vocês. A participação de vocês demonstra que  querem a continuidade na mudança que já se processa no Pais, a partir da gestão do Presidente Lula", disse Fátima logo no início de sua fala.

O prefeito Padre Tom(PT), cuja administração tem sido avaliada de forma bastante positiva, manifestou sua alegria pela participação expressiva de moradores ao comício, listando a presença de produtores rurais das linhas 130, P44, P 48, 46, 38, 30, 32 e 76, dentre outras,.

Durante sua fala fez um alerta: "Precisamos ajudar o presidente Lula elegendo deputados federais de nosso partido, comprometidos com os programas do governo federal. Se não for assim, não adianta. O governo chegou lá mas não terá poder", disse, explicando que a mesma conduta deve ser aplicada em Rondônia. "Não adianta elegermos somente a Fátima. Temos de eleger deputados estaduais da nossa coligação".

Depois de enumerar algumas realizações do governo federal e pedir votos para a reeleicão de Lula, Fátima disse que se eleita vai investir na política de respeito às diferenças. "O que não pode mais ser mantido é um governo onde impera a truculência", completou.

Saúde e educação foram dois temas abordados em sua fala. "Vou acabar com a política das ambulâncias, a política que traz doentes do interior para o João Paulo II em Porto Velho. Vou construir os hospitais regionais de Ji-Paraná e Vilhena"

Do comício participaram os candidatos a deputado estadual João Bueno(Espigão do Oeste), Toninho Mazioli e Néri Firigolo(Cacoal), Nereu Klosinsky(Alta Floresta), Genair Oliveira(Santa Luzia), Loiva Oliveira(Alta Floresta), Marlene Parra(Pimenta Bueno) e Francisco Maciel(Ji-Paraná). O petista Nerio Bianchini, candidato a deputado federal, também marcou presença.


Agenda da senadora Fatima para este domingo, 24 de setembro

Porto Velho:  12 h - Festa de Sao Francisco
                               16 h - Gravaçao para programa de TV
                               20 h - Reuniao com moradores do bairro da Eletronorte

Mais Sobre Política

Técnicos poderão ser aproveitados no futuro governo do coronel Marcos Rocha

Técnicos poderão ser aproveitados no futuro governo do coronel Marcos Rocha

Essa possibilidade não foi descartada pelo governador eleito

Eleita nova Diretoria do Sindafisco para o biênio de 2019/2020

Eleita nova Diretoria do Sindafisco para o biênio de 2019/2020

Pela primeira vez o processo foi realizado on-line, garantindo assim total segurança e agilidade, tanto no processo eleitoral.

Mariana Carvalho recebe demandas de Porto Velho

Mariana Carvalho recebe demandas de Porto Velho

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB – RO) recebeu em seu gabinete os vereadores de Porto Velho Márcio Miranda e Márcio Pacele, além do deputad

Comissão aprova redefinição dos limites de duas reservas extrativistas em Rondônia

Comissão aprova redefinição dos limites de duas reservas extrativistas em Rondônia

Projeto reduz limites de uma reserva extrativista e amplia a área de outraA Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia a