Porto Velho (RO) terça-feira, 17 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

Famílias das áreas de risco ganham aptos da prefeitura


 Famílias das áreas de risco ganham aptos da prefeitura - Gente de Opinião

O melhor presente de Natal que poderiam receber. Esse era o sentimento dos moradores dos bairros Baixa da União e Triângulo, contemplados na manhã desta segunda feira, 20, com os apartamentos doados pela prefeitura de Porto Velho. Ao todo foram sorteados 240 apartamentos entregues às famílias que residiam em áreas de riscos de alagamentos e desmoronamento às margens dos igarapés Santa Bárbara, Grande e rio Madeira, na região do Cai N’água. No total, 950 pessoas foram remanejadas para a nova moradia.

Presidida pelo prefeito de Porto Velho, Roberto Sobrinho, participaram ainda da solenidade, o secretário municipal de Regularização Fundiária e Habitação, Ian Kleber; o secretário municipal de Projetos e Obras Especiais, Israel Xavier; o secretário Extraordinário de Programas Especiais, Pedro Béber, o superintendente da Caixa Econômica Federal, Rossini Éverton, e as lideranças comunitárias do Baixa da União, Manoel Calama e Izael França, os vereadores Marcelo Reis, Cláudio Carvalho e Hermínio Coelho, além das famílias contempladas.

Denominado provisoriamente de Conjunto Habitacional Triângulo (referência ao bairro onde foi edificado), o condomínio popular foi construído com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC I)/Subprograma Projetos Prioritários Investimento (PPI/Favelas) e contrapartida da prefeitura, por meio do Programa Igarapés do Madeira, Projeto Santa Bárbara/Moradia Digna — Um Lar Para Nossa Gente.

Localizado na Estrada de Santo Antônio, o conjunto habitacional é constituído de 15 blocos de quatro pavimentos com quatro apartamentos cada um (16 no total), com sala, dois quartos, cozinha,banheiro e área de serviço. Foram investidos na obra mais de R$ 10 milhões. Para manter a relação de vizinhança que havia no antigo local, no sorteio das unidades habitacionais das famílias foram agrupadas nos blocos de acordo com o endereço em que moravam.

O líder comunitário, Izael França, ao discursar em nome da comunidade, lembrou das dificuldades que os moradores viviam, principalmente na época do inverno, por causa das constantes alagações e enchentes do rio Madeira e reclamou da forma como as famílias eram tratadas nas administrações anteriores. “Antes eles vinham aqui só para prometer resolver o nosso problema e nunca resolviam. O prefeito Roberto Sobrinho foi o primeiro que veio aqui sem prometer nada, mas acabou com o nosso sofrimento. Agora estamos felizes com o nosso sonho realizado”, falou emocionado.

Roberto Sobrinho lembrou das visitas que fez no Cai N’água, quando das alagações, como a do final do ano passado. “Eu vi de perto o sofrimento dessas pessoas andando em meio às palafitas. Mas de uma forma responsável e honesta, nunca afirmei que resolveria tudo de uma hora para outra. Sempre disse que iria me empenhar para conseguir os recursos necessários e tirar toda aquela gente dali. E essa é a primeira etapa do Programa Igarapés do Madeira, criado para garantir uma moradia digna à essas famílias. Elas agora não correm mais o risco de verem suas casas invadidas pelas águas”, adiantou.

O secretário Ian Kleber, lembrou de uma moradora de nome Simone, que no final do ano passado saiu para passar o revèillon fora e quando retornou encontrou a casa tomada pelas águas. O caso dela foi noticiado pela imprensa. “Para mim essa moradora é um símbolo, porque não desistiu de seu sonho, que se concretiza hoje com a entrega desses apartamentos”, disse.

A primeira moradora a receber a chave de seu apartamento no sorteio feito pelo prefeito Roberto Sobrinho, foi Conceição Ramos Feitosa, de 75 anos, ela morava no Baixa da União há cerca de 50 anos. O apartamento dela é o de número 101 e fica no primeiro bloco. O segundo sorteado o senhor José Carlos dos Santos Galvão, (Apt°.104/bloco 01) e a terceira, Tâmia Ramos Feitosa (Apt°. 102/bloco 01).

Fonte:
 Joel Elias
Fotos: Medeiros

Mais Sobre Política

Follador defende campanha contra novo imposto – Xô CPMF

Follador defende campanha contra novo imposto – Xô CPMF

O deputado Adelino Follador (DEM) que sempre defendeu a adoção de políticas claras de incentivo e apoio a todo setor produtivo do Estado, incluindo

Biometria obrigatória encerrará no mês de setembro, em oito municípios de Rondônia

Biometria obrigatória encerrará no mês de setembro, em oito municípios de Rondônia

A Justiça Eleitoral em Rondônia encerrará, no mês de setembro de 2019, a última fase do processo de revisão biométrica do eleitorado do estado, com co

Cristiane Lopes fiscaliza demandas de Extrema e União Bandeirantes

Cristiane Lopes fiscaliza demandas de Extrema e União Bandeirantes

A vereadora Cristiane Lopes (PP) esteve nos Distritos de União Bandeirantes e Extrema para realizar o levantamento das demandas dos moradores das comu

Rondônia é o primeiro estado do Brasil a implementar Programa Criança Protegida

Rondônia é o primeiro estado do Brasil a implementar Programa Criança Protegida

Em busca de efetivar políticas públicas que, de fato, beneficiem a sociedade rondoniense, o governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha, e a primeira