Porto Velho (RO) segunda-feira, 25 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Política

Em comemoração aos 35 anos, Ameron lança selo especial pelos Correios


Em comemoração aos 35 anos, Ameron lança selo especial pelos Correios - Gente de Opinião

Nesta sexta-feira (13), a partir das 10 horas no Tribunal Pleno, a Associação dos Magistrados do Estado de Rondônia (Ameron) lança o selo comemorativo referente ao aniversário de 35 anos da instituição. O evento vai contar com a presença do superintendente estadual de operações dos Correios, José Carlos Fosqueira e de alguns ex-presidentes que construíram a história da Ameron. Na ocasião haverá a obliteração dos selos e carimbo comemorativos.

A entidade associativa foi criada no dia 27 de julho de 1982, no entanto foi no dia 18 de junho de 1983 que a instituição veio a ser instalada. Na época, 25 pioneiros magistrados que chegaram com a missão de levar cidadania ao recém-criado Estado de Rondônia também foram os responsáveis por desbravar os caminhos associativo em busca de consolidar uma magistratura forte e independente.

Por unanimidade e aclamação o desembargador Fouad Darwich Zacarias foi designado, há 35 anos, o presidente de honra e foi eleita e empossada a primeira Diretoria e Conselho Fiscal da Ameron, que teve como presidente o desembargador Hélio Fonseca, que em face de sua aposentadoria pediu afastamento em 22 de março de 1984 e foi sucedido no mandato pelo desembargador João Batista Fleury.

Exerceram a presidência da Associação, ainda, os magistrados: Fouad Darwich Zacarias (1985/1986), Salatiel Soares de Souza (1987/1988), Marco Antônio de Farias (1989/1990 e 1991/1992), Péricles Moreira Chagas (1993/1994 e 1995/1996), Cássio Rodolfo Sbarzi Guedes (1997/1998), Eurico Montenegro Júnior (1999/2000 e 2001/2002), José Jorge Ribeiro da Luz (2003/2004), Álvaro Kalix Ferro (2005/2006), Raduan Miguel Filho (2007/2008 e 2009/2010), Daniel Ribeiro Lagos (2011/2012) e Francisco Borges Ferreira Neto (2013/2016).

Para o presidente da Associação dos Magistrados do Estado de Rondônia (Ameron), desembargador Alexandre Miguel, a instalação do Poder Judiciário representou o amparo jurídico e a segurança à cidadania aos rondonienses. “O juiz é o guardião da Justiça e reafirma essas incumbências com juramento sob a Carta Magna quando empossado. É neste momento em que o magistrado assume o papel de vigilante às instituições democráticas e republicanas, se tornando também o mediador de possíveis conflitos que atormentam a estabilidade, a ordem e a harmonia entre os Poderes”, destaca o magistrado.

O inicio da Ameron

Antes de possuir a sua primeira sede própria, as reuniões da Ameron aconteciam em auditórios de escolas, salões de hotéis, plenários do Tribunal de Justiça e Câmara de Vereadores, Varas de Justiça, nos Juizados de Pequenas Causas, em uma sala no Fórum Criminal. Em 1989, a sede da Ameron foi instalada em Porto Velho, capital do Estado, em uma casa localizada na antiga Rua México e atual Rua Roberto de Souza e transferida em 2002 para a atual sede localizada na Estrada do Santo Antônio (complexo adquirido em 1999). A Ameron também possui outra sede em Ji-Paraná, complexo adquirido em 1998 e inaugurado em 2002. Em Vilhena também funcionou no período de 1992 a 1995 outra sub-sede, assim como em Guajará-Mirim, que também teve sede de apoio em 1993, inaugurada em 1995 e funcionou até 2014

A aquisição e reformas das sedes permitiram autonomia na realização das assembleias, servem de apoio para os magistrados que viajam e podem hospedar-se na Ameron e possibilitam a realização de reuniões sociais e em busca de lazer, com a congratulação entre magistrados e familiares, contribuindo consequentemente para a aglutinação dos juízes que nesses 35 anos de existência buscaram conquistas em torno de seus direitos e de melhorias na prestação jurisdicional. Ao longo do tempo, a Ameron procurou não só prestar assistência aos juízes como também participou de todos os grandes momentos e transformações do Judiciário Rondoniense e do Brasil.

Mais Sobre Política

Audiência pública define criação da Frente Parlamentar Permanente das Micro e Pequenas Empresas e negócios Rurais de Rondônia

Audiência pública define criação da Frente Parlamentar Permanente das Micro e Pequenas Empresas e negócios Rurais de Rondônia

Na manhã desta segunda-feira (25), o deputado Anderson Pereira (Pros) promoveu audiência pública para debater e discutir políticas públicas para as

Laerte Gomes recebe nova cúpula do Ministério Público de Rondônia

Laerte Gomes recebe nova cúpula do Ministério Público de Rondônia

Durante visita de cortesia na manhã desta segunda-feira (25), o presidente da Assembleia Legislativa, Laerte Gomes (PSDB) recebeu o novo procurador-

MP 873/2019 é inconstitucional e visa aniquilar os sindicatos para retirar direitos dos trabalhadores

MP 873/2019 é inconstitucional e visa aniquilar os sindicatos para retirar direitos dos trabalhadores

RETICÊNCIAS JURÍDICAS  -  Por Itamar Ferreira*No seu afã de atacar os sindicatos, afim de evitar mobilizações e reduzir direitos dos trabalhadores, o

Adelino Follador apresenta projeto de Lei que dispensa licenciamento ambiental na extração de cascalho

Adelino Follador apresenta projeto de Lei que dispensa licenciamento ambiental na extração de cascalho

O deputado Adelino Follador (DEM) apresentou na sessão ordinária da última terça-feira (19), o projeto de Lei que acrescenta ao dispositivo da Lei Nº