Porto Velho (RO) sábado, 25 de junho de 2022
×
Gente de Opinião

Política

DIREITO DE RESPOSTA - PSOL



O objetivo deste é solicitar cordialmente o direito de resposta, referente o que foi publicado neste site no dia 08/11/10 – segunda-feira, com o título:  PSOL/RO racha mais em Rondônia após encontro Estadual.

Antes de responder ponto a ponto a matéria publicada por este site, queremos destacar que o conteúdo da mesma foi leviana e caluniosa e  foge aos padrões de um bom jornalismo, pois ataca pessoas sem, contudo, ter a decência de ouvir o outro lado em questão. As pessoas citadas não são ocultas, têm endereços declarados, telefones e sempre ligados, engajados socialmente, e dirigentes partidários. Dessa forma pedimos de público para expor a indignação de um grupo dirigente do PSOL/RO, a seguir:

 

1)      De fato o Partido Socialismo e Liberdade (PSOL/RO) realizou o encontro estadual no dia 06/11, sendo precedido no dia 05/11 de uma conferência “PSOL: os desafios da esquerda e um partido necessário” realizada pelo secretário geral nacional do PSOL professor universitário e economista Afrânio Bappré. A matéria mente quando afirma que “a Direção Estadual deu GOLPE em todas as direções municipais do estado, destituindo-as e com apoio do Secretário Geral Nacional que já não estava presente ao evento”. O autor da matéria se tivesse preocupação com a verdade deveria ter informado a sociedade de que o encontro estadual do PSOL apenas referendou o que foi decidido e encaminhado na plenária estadual ocorrida no dia 07/10, portanto, compete ao diretório estadual como instância superior fazer os devidos encaminhamentos. É leviano afirmar que o secretário nacional do PSOL apoiou um golpe; o autor além de não ter as verdadeiras informações, e o pior, não as busca-las, denigre a imagem de um dirigente nacional do PSOL sem sequer conhece-lo. Afrânio Boppré  veio a Rondônia a convite da direção estadual para fazer o trabalho de direção nacional.

2)      Ainda afirma que: “para o Presidente Municipal Muniz, Adilson Siqueira manipula todos os filiados do partido, assim como fazia com a Presidente Marisia, quando não precisa mais deles, dispensa-os em forma de Golpe e expulsão e lembra os filiados de gestões anteriores da Direção Estadual, Professor Dettoni e José Rosa”.

Não se pode conceber tal acusação falaciosa, pois se se afirma “Adilson Siqueira manipula todos os filiados do partido” menospreza-se a capacidade de inteligência dos nossos companheiros, pessoas conscientes do papel que desempenha um partido político como o PSOL e que se diferencia dos demais justamente pelo caráter democrático das suas formas deliberativas. Portanto, tal afirmação se contrapõe à lógica democrática interna do partido.

Queremos esclarecer que até o presente, o PSOL/RO nunca abriu um processo de expulsão de nenhum filiado, portanto é uma mentira a afirmação de que o professor José Dettoni e José Rosa foram expulsos do partido, aliás, deve-se dizer que o Prof. Dr. José Dettoni é uma das pessoas mais respeitadas nesse estado e que goza de todo respeito pela direção do PSOL, bem como o companheiro valoroso José Rosa, que sempre se colocou a disposição na construção do Partido.

3)      Por fim, na matéria  o Senhor  Muniz refere-se ao Professor Adilson Siqueira, assim:  “ele não tem moral para falar, pois prega ética e não a tem, Está inelegível por oito anos por incompetência eleitoral por não pagar as contas de campanha e não prestar contas de forma correta, e não tem peito para falar do nosso grupo o MER, o PSOL está dividido em dois grupos o MER e os golpistas socialistas” (sic). Resta-nos esclarecermos que Adilson Siqueira não tem nenhuma pendência de contas de campanha. Além do que passa uma informação mentirosa de que o mesmo esteja inelegível.

Porém, é oportuno esclarecer que os problemas com sua prestação de contas refere-se a campanha de 2008 quando candidato a prefeito de Porto Velho. No entanto, o responsável pela prestação das referidas contas junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RO), naquele momento, era o senhor Marcio Martins, autor da matéria, o responsável  pela condução da documentação junto ao TRE/RO

Queremos deixar claro que o PSOL se constitui em uma ferramenta de organização e luta do povo contra todo tipo de opressão e desigualdade. Deve-se dizer que este é um partido pequeno, porém está se constituindo como uma alternativa nacional, e não como uma sigla de aluguel. Dessa forma entendemos que não é a opinião de uma ou duas pessoas que irá caracterizar como um racha ou irá manchar a trajetória daqueles que não se rendem, não se calam e não se vendem.

Porto Velho, 10 de novembro de 2010

Aluízio Vidal Flor

Presidente do PSOL/RO

 

Mais Sobre Política

Deputado Marcelo Cruz entrega voto de louvor aos mestres capoeiristas

Deputado Marcelo Cruz entrega voto de louvor aos mestres capoeiristas

Na tarde do dia 23/06 o deputado estadual Marcelo Cruz entregou o Voto de Louvor aos Mestres e Professores Capoeiristas do Estado de Rondônia, em re

Presidente da Assembleia Legislativa recebe visita do cônsul-geral da Itália Domenico Fornara

Presidente da Assembleia Legislativa recebe visita do cônsul-geral da Itália Domenico Fornara

Na tarde desta quinta-feira (23), o presidente da Assembleia Legislativa, Alex Redano (Republicanos) recebeu a visita do cônsul-geral da Itália, Dom

Sessão Solene da Assembleia homenageia forças de segurança

Sessão Solene da Assembleia homenageia forças de segurança

O deputado estadual Alex Silva (Republicanos) foi o proponente da sessão solene para outorgas de Voto de Louvor e entrega de medalhas do Mérito Legi

Deputada Mariana Carvalho entrega caminhões-pipa a Vale do Anari, Machadinho e Campo Novo de Rondônia

Deputada Mariana Carvalho entrega caminhões-pipa a Vale do Anari, Machadinho e Campo Novo de Rondônia

A deputada federal licenciada Mariana Carvalho realizou nesta semana a entrega de caminhões-pipas para os municípios de Vale do Anari, Machadinho do O