Porto Velho (RO) domingo, 22 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

Deputado Laerte Gomes apresenta demandas ao ministro Sérgio Moro, durante lançamento do Pacote de Combate à Corrupção

Parlamentar chamou atenção sobre o caos no sistema carcerário, crimes de fronteira e conflitos agrários em Rondônia


Deputado Laerte Gomes apresenta demandas ao ministro Sérgio Moro, durante lançamento do Pacote de Combate à Corrupção   - Gente de Opinião

O presidente da Assembleia Legislativa, Laerte Gomes (PSDB) participou do lançamento do Pacote Estadual de Medidas de Controle, Prevenção e Combate à Corrupção, realizado na manhã desta terça-feira (16), no anfiteatro do Centro Universitário São Lucas, em Porto Velho.

O evento contou com a presença do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, que explanou sobre o Projeto de Lei Anticrime, considerado uma das vitrines do Governo Federal.

Em seu pronunciamento, Laerte Gomes ressaltou que recepcionar o ministro Sergio Moro em Porto Velho é motivo de orgulho e satisfação. “O senhor ministro, por sua trajetória na magistratura, tornou-se uma referência de cidadania, e levou a todos nós, a acreditarmos seguramente em mudanças”, declarou Laerte.

 

Demandas 

O presidente da Assembleia apresentou a Sérgio Moro algumas demandas que, segundo ele, mereciam a atenção do ministro da Justiça. Laerte falou sobre a crise no setor carcerário rondoniense e destacou os registros de constantes fugas de prisioneiros, a intervenção militar no Sistema Prisional, e o movimento paredista de agentes penitenciários que já ultrapassa cem dias.

Laerte ainda citou os crimes na região de fronteira e afirmou que a fragilidade da ação do Governo Federal, vem possibilitando o aumento de práticas criminosas.

“Principalmente o contrabando de armas, tráfico de pessoas, narcotráfico, garimpo ilegal, e as ocorrências de roubos de carros para serem trocados por drogas na Bolívia tem sido constante”, pontuou o presidente.

O parlamentar também abordou a questão dos conflitos agrários, alertando para os seguidos casos de morte e de violência extrema no campo. Laerte disse ser necessária uma estrutura mínima para combater os conflitos.

“Principalmente nas regiões do Vale do Jamari e no Vale do Guaporé. É preciso atenção especial dos órgãos de inteligência para inibir a ação de bandidos que escondem suas atuações criminosas, com rótulos de movimentos sociais”, defendeu o presidente da ALE.

Laerte concluiu o discurso afirmando acreditar na atuação do ministro quanto aos problemas que vêm comprometendo a segurança pública, promovendo o caos social, e enlutando famílias.

“Esperamos contar com o apoio do Governo Federal, de forma permanente, com estrutura operacional necessária para o enfrentamento destas questões”, concluiu. 

 

Projeto de Lei Anticrime 

Sérgio Mouro, antes de apresentar o projeto de Lei Anticrime, parabenizou o Governo de Rondônia pelo lançamento do pacote anticorrupção e disse que, enquanto ministro, seu dever não é apenas o de fomentar reformas e aprimoramentos no âmbito federal, mas, igualmente, incentivar mudanças no plano estadual.

“A responsabilidade da construção de uma administração pública mais íntegra não é unicamente do Governo Federal. Os governos estaduais têm uma grande responsabilidade, que, aliás, é uma responsabilidade de todos nós. Quando o governador Marcos Rocha me convidou para o lançamento de um pacote anticorrupção em prol da transparência, do controle da administração pública eu me senti quase que obrigado a vir, pois considero extremamente importante que os poderes executivos estaduais tomem esse tipo de iniciativa”, considerou Moro.

Sobre o projeto de lei anticrime encaminhado ao Congresso, o ministro explicou que a matéria tem como objetivo endurecer o combate a corrupção, o crime organizado e crimes violentos. O texto, segundo Moro, prevê alterações em 14 leis, como o Código Penal, o Código de Processo Penal, a Lei de Execução Penal, a Lei de Crimes Hediondos e o Código Eleitoral.

Após sua explanação, o ministro afirmou que a expectativa é de que o projeto tramitará no Congresso e que em breve, caso haja necessidade, ele seja aprimorado e aprovado.

“Nós vamos lutar por cada vírgula dos projetos. O anticrime é o projeto central, mas, paralelamente, temos mais dois outros projetos apresentados para o público pertinente, um sobre o caixa dois em campanha eleitoral e o terceiro que trata da separação de processos entre justiça comum e justiça eleitoral. Precisamos, evidentemente, contar com o apoio da sociedade civil organizada para que os congressistas sejam sensibilizados a respeito da importância dessas propostas”, frisou Sérgio Moro. 

O ministro reforçou que os projetos não resumem a ação do Ministério da Justiça e da Segurança Pública, mas melhoram a legislação.

“Esses projetos e pacotes mandam um recado para a população, sobre o que o seu governo defende. E o que o governo defende é maior segurança, melhor qualidade de vida para as pessoas e uma democracia mais sólida”, concluiu o ministro da Justiça. 

 

Executivo estadual 

O controlador Geral do Estado (CGE), Francisco Netto, explicou o conjunto de medidas previsto no Pacote Estadual de Medidas de Controle, Prevenção e Combate à Corrupção que prevê atos normativos, decretos de lei, e termo de cooperação, com iniciativa do Governo do Estado, focando na prevenção, controle e combate à corrupção.

“Esse pacote vai dar ao Estado aos órgãos instituídos a possibilidade de condutas e práticas que vão desde a punição de empresas envolvidas em corrupção até disciplinar o conflito de interesses envolvendo servidores, bem como a ampliação da transparência e programa de integridade da administração pública, obrigando as unidades do estado a seguirem o mecanismo de integridade e controle dos atos públicos”, afirmou.

O governador destacou a vinda de Moro ao Estado, o que, segundo ele, demostra a preocupação no combate à corrupção.

As medidas de combate ao crime, explicou o governador, são respostas ao clamor da sociedade. ‘‘Há famílias sofrendo que precisam dessas ações’’, afirmou.

Mais Sobre Política

Presidente Laerte Gomes anuncia R$ 800 mil para construção de UBS durante visita ao frigorífico Rio Beef

Presidente Laerte Gomes anuncia R$ 800 mil para construção de UBS durante visita ao frigorífico Rio Beef

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Laerte Gomes (PSDB), visitou na manhã desta sexta-feira as instalações do frigorífico Rio Beef e an

Vereadora Cristiane Lopes cobra solução para os problemas do Transporte Coletivo

Vereadora Cristiane Lopes cobra solução para os problemas do Transporte Coletivo

Desde o início do seu mandato, a vereadora Cristiane Lopes (PP) tem cobrado uma solução definitiva para os problemas do Transporte Coletivo da Cap

Presidente Laerte Gomes e governador Marcos Rocha visitam obras do Anel Viário de Ji-Paraná

Presidente Laerte Gomes e governador Marcos Rocha visitam obras do Anel Viário de Ji-Paraná

O presidente da Assembleia Legislativa, Laerte Gomes (PSDB) e o governador Marcos Rocha (PSL) visitaram nesta quarta-feira (18) o canteiro de obras

Deputado Cirone Deiró disse que abertura de CPI para fiscalizar Energisa responde clamor da sociedade

Deputado Cirone Deiró disse que abertura de CPI para fiscalizar Energisa responde clamor da sociedade

“A Energisa submeteu os rondonienses a uma crise energética sem precedentes. Os prejuízos estão sendo contabilizados em todos os segmentos da econom