Porto Velho (RO) terça-feira, 22 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

Deputado Follador quer que recursos do Fundo/SEAS chegue também à pobreza na zona rural


Deputado Follador quer que recursos do Fundo/SEAS chegue também à pobreza na zona rural - Gente de Opinião

Tendo participado da sessão que aprovou o texto modificativo (projeto de lei complementar) da Lei nº 842/2015, para acrescentar disposições que atendam ao Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecoep), vinculado à Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social (Seas), o deputado Adelino Follador (DEM) disse que espera ver o atendimento à pobreza instalada na zona rural, que tem provocado intenso êxodo para os centros urbanos do Estado.

De acordo com o deputado, o Fundo tem atualmente à sua disposição, em conta corrente, R$ 50 milhões, dos quais 40% (cerca de R$ 20 milhões) podem ser usados pela Secretaria em projetos e programa de combate à pobreza. “O que nós defendemos e queremos é que esses recursos sejam destinados também à população pobre do campo, para incentivar a produção e a geração de trabalho e renda para tantas famílias que vivem com dificuldade da agricultura familiar”, disse.

Atento a este quadro da pobreza no território rondoniense, Adelino Follador justificou seu voto (a votação foi unânime), lembrando a titular da Seas e primeira dama do Estado, Luana Rocha, que observe os números do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que indicam os pontos de pobreza no Estado, destacando que, assim como nas cidades, a pobreza também assola a vida rural, onde segundo o Instituto, vivem mais de 50% dos pobres de Rondônia.

Segundo o deputado os números do IBGE são importantes indicadores que precisam ser observados. “Nós esperamos que a secretária Luana Rocha seja sensível a esta situação no campo”, disse o deputado destacando a necessidade da liberação desses recursos para o atendimento a essas demandas tão essenciais.

Follador disse que assim como o Restaurante Popular instalado na Zona Leste de Porto Velho, que precisa ser reativado pelo benefício social que encerra, é preciso igualmente investir no campo, na aquisição de calcário, tanques, alevinos, insumos, mudas de café e também na orientação técnica a tantos pequenos e micros produtores rurais que vivem da agricultura familiar e que necessitam de apoio oficial. “Neste ponto defendemos uma parceria da Seas para um trabalho conjunto da Autarquia de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), para o atendimento a esta demanda”.

Mais Sobre Política

Polícia Federal deflagrou a Operação Grand Bazaar, que  investiga fraude em fundos de pensão

Polícia Federal deflagrou a Operação Grand Bazaar, que investiga fraude em fundos de pensão

Por determinação do Supremo Tribunal Federal, a Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (21) a Operação Grand Bazaar, visando desarticular um “esquema cri

Ministério Público realiza reunião sobre os bairros Conceição e Flamboyant após intervenção de Cristiane Lopes

Ministério Público realiza reunião sobre os bairros Conceição e Flamboyant após intervenção de Cristiane Lopes

Após a vereadora Cristiane Lopes (PP) ir até o Ministério Público Estadual (MP/RO), para relatar os problemas das obras de pavimentação dos bairros Fl

Mariana Carvalho apresenta declaração sobre cobertura universal de saúde em assembleia da União Interparlamentar

Mariana Carvalho apresenta declaração sobre cobertura universal de saúde em assembleia da União Interparlamentar

Mais de 1700 parlamentares e parceiros da ONU e da sociedade civil de todo o mundo estão reunidos em Belgrado, na Sérvia, onde acontece a 141ª Assembl

Erro na tabela de vencimentos dos professores volta a ser discutido na Comissão de Educação

Erro na tabela de vencimentos dos professores volta a ser discutido na Comissão de Educação

A Comissão de Educação e Cultura (CEC), da Assembleia Legislativa, se reuniu na manhã desta quarta-feira (16), para deliberar projetos e voltou a di