Porto Velho (RO) quinta-feira, 19 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

Defesa Civil ajuda famílias em situação de risco




A Defesa Civil Municipal intensifica os trabalhos para atender famílias em situação de risco nesse período chuvoso em Porto Velho. De acordo com a Defesa Civil, a cada chuva torrencial, uma média de seis pedidos de socorro chega à coordenadoria. As ocorrências atendidas até esta terça feira (11), foram feitas por pessoas que moram nas encostas ou às margens de igarapés – áreas de preservação que foram invadidas ao longo dos anos.

Na noite desta segunda feira (10), a Defesa Civil atendeu duas famílias que moram às margens de um igarapé no bairro Tucumanzal, próximo ao Posto dos Garimpeiros. Uma casa de madeira desabou parcialmente na parte dos fundos e outra em alvenaria apresentou rachaduras e teve que ser interditada. Em ambos os casos, os moradores acataram a solicitação para se retirarem do local e foram para casa de parentes.

A Defesa Civil retornou ao local na manhã desta terça feira, acompanhada de uma equipe da secretaria municipal de Assistência Social (Semas). As famílias foram orientadas a procurar casas para alugar em locais seguros e se cadastraram no programa de auxílio moradia, cujo objetivo é ajudar a complementar o valor do aluguel.

Por determinação do coordenador municipal da Defesa Civil Municipal, Reinaldo da Silva, foi feito um levantamento completo sobre a situação socioeconômica das 25 famílias que habitam no local de forma irregular, por se tratar de uma encosta e área de preservação ambiental. O relatório foi encaminhado à Semas e também à secretaria municipal de Regularização Fundiária e Habitação (Semur), para que recebam acompanhamento e atenção devida.

Outros atendimentos

Durante a chuva que desabou sobre Porto Velho na última quinta feira (6), a Defesa Civil Municipal atendeu 18 ocorrências em uma área de risco no bairro Nacional. Algumas casas ficaram totalmente alagadas. Seus moradores e móveis foram levados para casa de parentes. Segundo os relatórios, em apenas duas horas choveu pela semana inteira. As famílias já vêm sendo acompanhadas pelos órgãos municipais e estão cadastradas para receber novas moradias.

A mesma chuva causou transbordamento de bueiros no bairro São Sebastião e a Defesa Civil também foi acionada, mas apenas para fazer acompanhamento. No bairro Pedrinhas, próximo a Policlínica Ana Adelaide, outro bueiro transbordou e os moradores solicitaram a atenção da Defesa Civil, mas nenhum fato de maior gravidade foi registrado.

Orientações

A Defesa Civil orienta as pessoas a não construírem casas em locais de risco, como barrancos, morros ou margens de igarapés. Em caso de estalos, rachaduras nas paredes ou aumento repentino do nível das águas, o morador deve ligar para 3901-3020 ou 9983-1365 e abandonar o local imediatamente. Quando a moradia não oferecer nenhum tipo de segurança, a Defesa Civil faz a remoção das famílias e a casa é interditada e lacrada. Quando se tratar de risco passageiro, as pessoas são retiradas, mas podem retornar tão logo as moradias ofereçam segurança.

Fonte:  Augusto José
  

Mais Sobre Política

Deputado Cirone Deiró disse que abertura de CPI para fiscalizar Energisa responde clamor da sociedade

Deputado Cirone Deiró disse que abertura de CPI para fiscalizar Energisa responde clamor da sociedade

“A Energisa submeteu os rondonienses a uma crise energética sem precedentes. Os prejuízos estão sendo contabilizados em todos os segmentos da econom

Deputado Ismael Crispin visita escolas e convida alunos para participar dos concursos de redação e da escolha da Bandeira da Assembleia Legislativa

Deputado Ismael Crispin visita escolas e convida alunos para participar dos concursos de redação e da escolha da Bandeira da Assembleia Legislativa

Com o principal objetivo de divulgar e convidar a comunidade estudantil a participar do concurso de Redação da Assembleia Legislativa e da escolha d

ENERGISA: Projeto cria o Aviso-Prévio de 60 dias e dobra o valor da multa para a empresa

ENERGISA: Projeto cria o Aviso-Prévio de 60 dias e dobra o valor da multa para a empresa

Foi apresentado na Assembleia Legislativa do Estado de Rondônia (17/09) um projeto de lei, idealizado pelo Servidor do TJ/RO, Brunno Oliveira, que ser

Energisa: Comissão do Senado vem a Rondônia apurar denúncias de irregularidades

Energisa: Comissão do Senado vem a Rondônia apurar denúncias de irregularidades

Presidida pelo senador Marcos Rogério (DEM-RO), a Comissão de Infraestrutura aprovou nesta terça-feira (17/09) a realização de diligência no estado de