Porto Velho (RO) sábado, 21 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

Alto Madeira com melhores perspectivas, diz Tourinho


Alto Madeira com melhores perspectivas, diz Tourinho - Gente de Opinião
Um século

Um dos mais longevos diários brasileiros. o Alto Madeira, de Porto Velho, que se aproxima dos 100 anos de circulação – um recordista nacional - quer voltar forte e tinindo a partir deste ano. Novas instalações, equipe reforçada e com seu diretor Luis Malheiros Tourinho recuperando a saúde, o tradicional rotativo abre o ano melhores perspectivas.
 

Gente de Opinião

Fonte: Carlos Sperança - csperanca@enter-net.com.br
Gentedeopinião   /  AMAZÔNIAS   /  RondôniaINCA   /   OpiniaoTV / Eventos
 Energia & Meio Ambiente   /   YouTube  / Turismo   /  Imagens da História


 

Mais Sobre Política

Presidente Laerte Gomes anuncia R$ 800 mil para construção de UBS durante visita ao frigorífico Rio Beef

Presidente Laerte Gomes anuncia R$ 800 mil para construção de UBS durante visita ao frigorífico Rio Beef

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Laerte Gomes (PSDB), visitou na manhã desta sexta-feira as instalações do frigorífico Rio Beef e an

Vereadora Cristiane Lopes cobra solução para os problemas do Transporte Coletivo

Vereadora Cristiane Lopes cobra solução para os problemas do Transporte Coletivo

Desde o início do seu mandato, a vereadora Cristiane Lopes (PP) tem cobrado uma solução definitiva para os problemas do Transporte Coletivo da Cap

Presidente Laerte Gomes e governador Marcos Rocha visitam obras do Anel Viário de Ji-Paraná

Presidente Laerte Gomes e governador Marcos Rocha visitam obras do Anel Viário de Ji-Paraná

O presidente da Assembleia Legislativa, Laerte Gomes (PSDB) e o governador Marcos Rocha (PSL) visitaram nesta quarta-feira (18) o canteiro de obras

Deputado Cirone Deiró disse que abertura de CPI para fiscalizar Energisa responde clamor da sociedade

Deputado Cirone Deiró disse que abertura de CPI para fiscalizar Energisa responde clamor da sociedade

“A Energisa submeteu os rondonienses a uma crise energética sem precedentes. Os prejuízos estão sendo contabilizados em todos os segmentos da econom