Porto Velho (RO) quarta-feira, 16 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Zona Franca é tema de entrevistas de Alckmin e Lula


Agência O Globo RIO - Em entrevista a rádios da Região Norte, nesta sexta-feira de manhã, no Palácio da Alvorada, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou antecessores, afirmando que a Zona Franca de Manaus definhou ao longo dos governos de Fernando Collor de Mello e de Fernando Henrique Cardoso. Pouco depois, a Zona Franca foi também assunto numa entrevista de seu adversário, Geraldo Alckmin (PSDB).- Normalmente, converso com gente em Brasília que faz uma crítica profunda sobre a concorrência entre a Zona Franca e as outras indústrias. Mas as pessoas só criticam porque não conhecem. Se conhecessem o que significa para a região Norte, não criticavam. Durante os governos do Collor e do Fernando Henrique, nós saímos de 80 mil trabalhadores para 50 mil - disse Lula, que completou: - Hoje, já temos 102 mil trabalhadores na região. Mais três mil trabalhando no gasoduto Quari-Manaus. Quando chegar o gás e a TV Digital, vamos ter feito justiça à região.Alckmin, em entrevista à Rádio CBN de Manaus, reproduzida no seu site de campanha, disse que é favorável à Zona Franca e que como presidente cuidará de todo o Brasil, sem discriminação de estados.- Nossos adversários passam boatos e mentiras que somos contra a Zona Franca. Não sou. Fui constituinte e a Zona Franca foi construída como um modelo de sucesso. Meu compromisso não é com o governador A ou B, é com o Brasil. Vou trabalhar pelo estado do Amazonas, pelo Brasil. Já conheço a Zona Franca. Nossa idéia é crescer o parque industrial para gerar mais empregos para nossas comunidades - afirmou.O tucano também fez comentários sobre a medida provisória sobre TV digital, que só deverá ser editada após o segundo turno das eleições. Caberá ao presidente Lula bater o martelo sobre o local que terá redução de impostos para produzir os equipamentos.Os ministérios da Fazenda e do Desenvolvimento estão unidos na defesa da reserva de mercado à Zona Franca de Manaus, enquanto o ministro das Comunicações, Helio Costa, quer que a produção seja incentivada em todo o país.- O que não acho correto é o governo (federal) segurar essa medida provisória para depois da eleição e ser prejudicial ao Estado do Amazonas. Eu vou trabalhar pelo estado do Amazonas, pelo Brasil - disse.* O áudio da entrevista às rádios do Norte foi acessado no site oficial do presidente e candidato à reeleição.

Mais Sobre Política - Nacional

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que