Porto Velho (RO) segunda-feira, 19 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Volks fez acordo em 2002 contra demissões em massa


Patrícia Duarte - Agência O GloboBRASÍLIA - O ministro do Trabalho, Luiz Marinho, afirmou na noite desta segunda-feira que a saída para a crise entre a montadora Volkswagen e os trabalhadores, que travam uma batalha para evitar novas demissões, seria a continuidade do acordo fechado em 2002, que garantiu que não haveria demissões em massa na empresa por cinco anos. Marinho argumentou que a montadora, apesar desse congelamento, não teria sofrido problemas financeiros por conta desse acordo acertado com o próprio sindicato dos metalúrgicos.- Essa reestruturação deve ter continuidade de forma gradual. É isso que eu acho que deveria ser modelo das partes - afirmou o ministro, ao chegar para o jantar do presidente Lula com diversos empresários, na casa do ministro do Desenvolvimento, Luiz Fernando Furlan.Marinho disse, ainda, que caso seja requisitado pode voltar a participar das negociações entre a Volks e os trabalhadores.

Mais Sobre Política - Nacional

O registro de plantas e flores ornamentais será debatido no Senado

O registro de plantas e flores ornamentais será debatido no Senado

Pelo projeto, o produtor que desenvolver uma nova cor de orquídea pode ser liberado da inscrever o produto no RNCA Comissão de Agricultura e Reforma A

 JUSTIÇA SUÍÇA APONTA R$ 43,2 MILHÕES EM FINANCIAMENTO ILEGAL DE SERRA

JUSTIÇA SUÍÇA APONTA R$ 43,2 MILHÕES EM FINANCIAMENTO ILEGAL DE SERRA

Dinheiro para financiar a campanha presidencial do PSDB

Jair Bolsonaro diz que programa Mais Médicos não será suspenso

Jair Bolsonaro diz que programa Mais Médicos não será suspenso

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, disse ontem (14) que manterá o programa Mais Médicos e vai substituir os cerca de 8.500 profissionais cubanos p