Porto Velho (RO) segunda-feira, 18 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Vereadores de Manaus criam 15º salário de R$ 7,2 mil


A Câmara Municipal de Manaus (CMM) aprovou ontem parecer da Comissão de Constituição e Justiça favorável a um projeto de lei que cria um 15º salário para os vereadores da Casa.

Os vereadores já recebem, além dos salários referentes aos 12 meses do ano, o 13º salário, previsto na legislação trabalhista, e o 14º salário, no mês de janeiro, apelidado de auxílio-paletó. O projeto tenta criar um novo auxílio, a ser pago no mês de dezembro, idêntico ao auxílio-paletó, e no valor de R$ 7,2 mil (brutos.

Pelo menos 16 vereadores assinaram o projeto de lei 226/2006, que entrou em tramitação na CMM na última sexta-feira, foi analisado pela Comissão de Constituição e Justiça um dia depois do feriadão e voltou ao plenário ontem.

O parecer da CCJ foi aprovado sem discussão, em votação apressada. A proposta é alterar o artigo 7º da Lei Ordinária nº 127, de dezembro de 2004, acrescentando a palavra dezembro. Essa lei fixa os subsídios dos vereadores para a legislatura de 2005 a 2008.

Depois de o vereador secretário Ayr José (PAN) ler o item da pauta de votação, José Ricardo Wendling (PT) pediu explicações porque o texto não informava o conteúdo da matéria. Nesse momento, dois vereadores aproximaram-se da mesa de José Ricardo e passaram a conversar com ele, tirando-lhe a atenção da discussão.

Com a mudança, o artigo 7º da lei passaria a ter a seguinte redação: "Fixa-se em parcela única a ajuda de custo devida aos vereadores, que corresponderá ao valor mensal do subsídio, a ser pago no mês de janeiro e dezembro".

Fonte: Agência Amazônia

Mais Sobre Política - Nacional

Aepet denuncia: Temer prepara maior crime da história durante a Copa

Aepet denuncia: Temer prepara maior crime da história durante a Copa

AEPET alerta: "as multinacionais pretendem que o governo Temer anule a decisão do Conselho Nacional de Política Energética pela contratação direta da

Ex-diretor do DER fecha delação

Ex-diretor do DER fecha delação

O ex-diretor geral do DER do Paraná Nelson Leal Júnior fechou acordo de delação premiada com a força-tarefa da Lava Jato onde se comprometeu a fornec

FHC, sobre sua atuação como tesoureiro informal: pedi mesmo

FHC, sobre sua atuação como tesoureiro informal: pedi mesmo

Enquanto Lula está preso sem jamais ter enviado emails a empreiteiros pedindo 'SOS', o ex-presidente FHC admite que atuou como tesoureiro informal do

CNJ proíbe juízes de manifestarem apoio ou críticas políticas na internet

CNJ proíbe juízes de manifestarem apoio ou críticas políticas na internet

O CNJ divulgou uma regulamentação para proibir o uso de redes sociais por parte de magistrados para dar apoio ou expressar críticas a políticos e part