Porto Velho (RO) domingo, 24 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Varig antiga volta a voar em 2007 com 5 aviões, diz gestor


Erica Ribeiro - Agência O GloboRIO - O gestor da Varig antiga Miguel Dau disse nesta terça-feira, em depoimento na CPI da Varig na Assembléia Legislativa do Rio (Alerj), que a expectativa é que a Varig antiga, que se chamará Nordeste Lihas Aéreas, comece a operar a partir do início de 2007 com cinco aeronaves. Segundo ele, a sede da Nordeste, hoje em Salvador, será transferida para o Rio de Janeiro e a empresa vai operar com vôos regulares e não regulares (fretamento, vôo charter).Dau não quis adiantar quais serão as rotas operadas pela empresa, mas adiantou que a empresa voará tanto no mercado doméstico quanto no internacional. Para isso, a empresa terá que atualizar o certificado de homologação de empresa de transporte aéreo (Cheta) para voar dentro e fora do país.Participaria da CPI, também nesta terça-feira, o presidente da VarigLog João Luiz Bernes de Souza, mas ele não compareceu e receberá notificação para depor no próximo dia 17.Também nesta terça-feira está marcada uma reunião entre secretários do governo do estado do Rio e representantes da VarigLog. Eles darão continuidade à negociação para cumprir um acordo firmado pela Varig com o governo do Estado, de manter a sede da companhia no Rio, garantir os 4.500 empregos na região e ampliar as rotas nacionais e internacionais saindo dos aeroportos Galeão e Santos Dumont.

Mais Sobre Política - Nacional

Câmara dos Deputados: CCJC aprova projeto de política nacional de prevenção ao suicídio

Câmara dos Deputados: CCJC aprova projeto de política nacional de prevenção ao suicídio

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO), informou que Câmara dos Deputados, por meio da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC)

Vídeo: Mariana Carvalho comemora a aprovação do seu projeto em que o agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

Vídeo: Mariana Carvalho comemora a aprovação do seu projeto em que o agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

Projeto da deputada Mariana Carvalho (PSDB-RO) e do deputado Rafael Motta (PSB-RN) é aprovado no Senado Federal. O projeto determina que o agressor

APROVADO – Agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

APROVADO – Agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

O Plenário do Senado aprovou, nesta terça-feira (19), projeto que determina que o agressor nos casos de violência doméstica e familiar será obrigado a

Câmara dos Deputados aprova prioridade de matrícula para filhos de mulher vítima de violência

Câmara dos Deputados aprova prioridade de matrícula para filhos de mulher vítima de violência

Proposta permite ao juiz determinar a matrícula ou transferência de dependentes da mulher vítima de violência independentemente da existência de vagaO