Porto Velho (RO) domingo, 18 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Vale do Rio Doce cancela compensações a indígenas do Pa


Agência O GloboSÃO PAULO - A Vale do Rio do Doce decidiu cancelar os acordos de compensação pelo uso da terra que tem com estes grupos indígenas das comunidades Xikrin do Cateté e do Djudjêkô, conforme informa o Conselho Indigenista Missionário (Cimi). As lideranças, o representante da empresa, o diretor de Assuntos Corporativos da mineradora, e o presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai), Mércio Pereira Gomes, se reuniram dia 31 de outubro, em Brasília.O objetivo do encontro era achar uma solução para o impasse que começou no dia 17 de outubro, quando alguns indígenas Xikrin dessas comunidades ocuparam uma instalação da empresa em Carajás, no Pará.- Mostraram nossa imagem como bandidos, mas queríamos ter a reunião que estava prometida - reclamou a indígena Iruyan, conforme o site de notícias "Adital".Segundo as lideranças Xikrin, o acordo cancelado previa que fosse realizada uma reunião após o dia 11 de agosto para, entre outras coisas, renegociar o repasse anual feito pela Vale do Rio Doce às aldeias, que atualmente é de R$ 9 milhões. As lideranças presentes informaram que, por conta do aumento populacional, este recurso é insuficiente.O representante da mineradora disse que o acordo previa o rompimento no caso dos Xikrin ocuparem a empresa. Ele disse que vão cessar todas as ações que fazem "voluntariamente". Também cobrou do governo projetos que resolvam efetivamente a situação de saúde e o problema de transporte enfrentado pelas comunidades porque isso "não é a função da Vale".De acordo com a Adital, o presidente da Funai não disse nada em relação à cobrança. Também não lembrou que as empresas precisam compensar os danos causados às terras indígenas que ocupam. Informou que a Funai vai denunciar a Vale por quebra de contrato.

Mais Sobre Política - Nacional

 JUSTIÇA SUÍÇA APONTA R$ 43,2 MILHÕES EM FINANCIAMENTO ILEGAL DE SERRA

JUSTIÇA SUÍÇA APONTA R$ 43,2 MILHÕES EM FINANCIAMENTO ILEGAL DE SERRA

Dinheiro para financiar a campanha presidencial do PSDB

Jair Bolsonaro diz que programa Mais Médicos não será suspenso

Jair Bolsonaro diz que programa Mais Médicos não será suspenso

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, disse ontem (14) que manterá o programa Mais Médicos e vai substituir os cerca de 8.500 profissionais cubanos p

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

A juíza federal substituta Gabriela Hardt negou, nesta terça-feira (13), o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que ele