Porto Velho (RO) segunda-feira, 21 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Unidades da Receita já recebem adesões ao novo Refis


Agência O GloboBRASÍLIA - As empresas com dívidas na Receita Federal e na Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) vencidas até 28 de fevereiro de 2003 podem fazer adesão ao novo programa de parcelamento de débitos da União. Se as empresas forem quitar à vista ou parcelar em até seis vezes seus débitos, podem procurar uma unidade da Receita em sua cidade para pedir o parcelamento. Caso o devedor prefira fazer a renegociação pela internet, o programa estará disponível na página da Receita na internet a partir de 1° de setembro.Nesta segunda-feira, começou a adesão pela internet para as modalidades de parcelamento de débitos em 120 meses ou 130 meses. Neste caso, para o devedor que escolher parcelar o débito em até seis meses, as dívidas podem ter descontos de 30% sobre juros e até de 80% sobre as multas. Podem ser parcelados em até 130 meses os débitos vencidos até 28 de fevereiro de 2003 e em 120 meses os débitos entre 1º de março de 2003 e 31 de dezembro de 2005.

Mais Sobre Política - Nacional

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que