Porto Velho (RO) sábado, 20 de abril de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Tucanos não darão sossego a Lula durante o segundo turno


Gerson Camarotti - Agência O GloboFORTALEZA - Ao deixar o Ceará com destino a Brasília, o presidente do PSDB, Tasso Jereissati, deixou claro que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva não terá sossego no segundo turno. Tasso disse que parlamentares do partido ficarão no Congresso em outubro cobrando rapidez nas investigações da compra do dossiê contra José Serra e das cartilhas compradas pela Secretaria de Comunicação com balanço das ações do governo. Segundo ele, o Tribunal de Contas da União (TCU) só deu 15 dias para o governo se explicar sobre as cartilhas. Mostrando parte da munição que os tucanos vão usar na campanha, Tasso comparou Lula ao ex-presidente Fernando Collor.- O Lula tá ficando muito parecido com o Collor. Diz que tudo é golpe contra ele. Pede para que a imprensa não divulgue as fotos.Tasso também reagiu à insinuação do ex-ministro Ciro Gomes, seu seu antigo aliado no Ceará, que ontem teria dito que, se Lula for derrotado, o povo poderia se rebelar.- Se o Lula for derrotado é o povo que foi derrotado? Como assim? Até tu Ciro?Sobre supostas ameaças do governo de investitar os tucanos, Tasso Jereissati disse esperar que o governo aprofunde todas as investigações também sobre a tentativa de compra do dossiê.- Espero que o governo aprofunde as investigações sobre o dossiê e o mesmo empenho para descobrir a origem desse dinheiro. De quem é esse dinheiro? do (Oswaldo) Bargas, do (Ricardo) Berzoini? O governo pode aprofundar o que quiser. Eles não devem esconder nada, devem mostrar tudo, inclusive para a televisão. É preciso dar explicações para a origem do dinheiro. É muito dinheiro para aparecer sem origem - disse.

Mais Sobre Política - Nacional

Decreto de Jair Bolsonaro extingue centenas de canais de participação social em políticas públicas

Decreto de Jair Bolsonaro extingue centenas de canais de participação social em políticas públicas

No pacote divulgado ontem (11) para marcar os 100 dias de governo, o presidente Jair Bolsonaro assinou o Decreto 9.759, que pretende diminuir de 700 p

Senador Confúcio Moura faz intervenção e ministro da Saúde manterá tratamento de saúde especial aos indígenas

Senador Confúcio Moura faz intervenção e ministro da Saúde manterá tratamento de saúde especial aos indígenas

Diversas lideranças indígenas procuraram os vereadores Joveci do Pacarana (PSDB) e Adão Salvatico (PRB), em Espigão do Oeste, para tentar impedir a ex

Violência Doméstica contra mulher pode implicar em indenização

Violência Doméstica contra mulher pode implicar em indenização

Mulheres vítimas de violência doméstica estão mais perto de conquistar direito à indenização por danos morais. Pelo texto do Projeto de Lei 1380/19, q

O presidente Jair Bolsonaro admite: Pressão derrota Capitalização na Previdência

O presidente Jair Bolsonaro admite: Pressão derrota Capitalização na Previdência

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que o regime de capitalização, um dos pilares da proposta de reforma da Previdência idealizada pelo ministro da Ec