Porto Velho (RO) quarta-feira, 20 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

TSE: Votos em candidatos rejeitados serão nulos


Agência O GloboBRASÍLIA - A votação em candidatos que tiverem as candidaturas rejeitadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) antes do dia das eleições será considerada nula, mesmo que a foto e o número apareçam nas urnas eletrônicas. No caso de deputados federais ou estaduais, se a rejeição acontecer após as eleições, os votos serão computados para os partidos.A presença nas urnas de candidatos rejeitados pela Justiça Eleitoral acontece porque os equipamentos foram carregados com as fotos e os números dos candidatos entre os dias 11 e 20 de setembro, embora os julgamentos continuem mesmo após as eleições.O TSE julgou, até quinta-feira passada, 489 recursos sobre registros de candidatos. Com isso, 333 candidatos tiveram suas candidaturas indeferidas, enquanto 156 tiveram os registros deferidos, seja pela reforma da decisão pelo TSE ou pela confirmação dos acórdãos dos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs).As decisões dos TREs podem ser confirmadas em duas situações: quando o TSE recebe o recurso, mas julga o mérito improcedente ou quando nega seguimento, ou seja, nem recebe o recurso, por causa de erros formais. Dos 489 recursos, o Tribunal negou seguimento a 305, deu provimento (acolheu) a 94 e rejeitou 90.Como resultado desses julgamentos, 395 decisões dos TREs foram confirmadas e 94 reformadas. As informações estão na página do TSE na internet (www.tse.gov.br).

Mais Sobre Política - Nacional

Delfim Netto: “Próximo presidente vai ser impichado”

Delfim Netto: “Próximo presidente vai ser impichado”

Não é uma previsão catastrofista, garante, mas uma "leitura simples" a partir do que o sistema político-eleitoral foi capaz de produzir até hoje

Gleisi vence de goleada acusação farsesca: 5 a 0

Gleisi vence de goleada acusação farsesca: 5 a 0

Por unanimidade, a 2ª Turma do STF absolveu a senadora Gleisi Hoffmann, seu marido, o ex-ministro Paulo Bernardo, e o empresário Ernesto Kugler das ac

STF confirma julgamento da liberdade de Lula no dia 26

STF confirma julgamento da liberdade de Lula no dia 26

Após a convocação de uma sessão extraordinária para a próxima terça-feira, a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal confirmou a inclusão na pauta

Pimenta avisa: CPI das delações fará seu trabalho

Pimenta avisa: CPI das delações fará seu trabalho

A quem interessa tolher o poder de investigação do Parlamento brasileiro?