Quarta-feira, 29 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política - Nacional

TSE proíbe veiculação de parte de programa tucano que ataca Lula


Raquel Miura, Agência O Globo BRASÍLIA - A campanha do presidente Luiz Inácio Lula da Silva conseguiu no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) uma liminar que determina retirada do ar de parte do programa do tucano Geraldo Alckmin. Trata-se da parte final da propaganda em que um locutor descreve casos de corrupção do governo Lula e cita a participação de ministros. A coligação PT-PCdoB-PRB alegou que essa parte do programa não traz nenhuma identificação de que se trata da propaganda de Alckmin. Segundo advogados do PT, a propaganda, veiculada na terça-feira à noite, "além de ofensiva, procura ridicularizar e degradar" a coligação. Disseram ainda que a propaganda "usou de montagem e trucagem para desvirtuar a realidade, dando ao telespectador a aparência de que seu programa acabara e começara outro". No trecho constestado, um locutor diz: "Waldomiro, mensalão, Caixa 2, dinheiro na cueca, sanguessuga, corrupção nos Correios, ninguém agüenta mais ouvir tanta notícia de corrupção. E o pior é que nós últimos dois anos foi assim, uma notícia atrás da outra. Vários ministros do atual presidente foram denunciados e tiveram que pedir demissão..." A decisão é do ministro Carlos Alberto Menezes Direito e cabe recurso. Como o programa já foi exibido, o PSDB fica proibido de repeti-lo até a decisão do plenário. A ação apresentada pela campanha de Lula revela que a briga nos tribunais deve esquentar a partir de agora, principalmente diante da estratégia dos adversários de Lula de adotar um discurso mais agresssivo contra o petista, favorito nas pesquisas.

Gente de OpiniãoQuarta-feira, 29 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou nesta sexta-feira (25) maioria de votos para determinar que a Câmara dos Deputados faça a redistribuição do

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

O Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (SInagências) conseguiu uma solução direta do governo após intensa articulaç

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Reservas foi instaurada em Rondônia para investigar possíveis irregularidades nos processos de criação

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Na tarde dessa segunda-feira (06), o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (SECOM), Paulo Pimenta, esteve r

Gente de Opinião Quarta-feira, 29 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)