Terça-feira, 23 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política - Nacional

TSE proclama Lula reeleito presidente da República


Cesar Bianconi - Agência O Globo BRASÍLIA (Reuters) - O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Marco Aurélio Mello, proclamou na noite de domingo Luiz Inácio Lula da Silva (PT) reeleito presidente da República por mais quatro anos. ``Os votos que ainda faltam para serem totalizados não cobrem a diferença entre o primeiro e segundo colocados, o que implica dizer que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva está reeleito'', afirmou a jornalistas o presidente do TSE, Marco Aurélio Mello, por volta das 19h30. ``A diferença maior de votos resulta em legitimidade para o candidato eleito'', acrescentou. Com 96,59 por cento da apuração concluída, Lula tinha 60,77 por cento dos votos válidos, que excluem brancos e nulos, contra 39,23 por cento de Geraldo Alckmin (PSDB), perto das 20h10. O TSE anunciou a vitória de Lula bem antes da previsão inicial, de que o resultado seria conhecido às 22h. O presidente do TSE, questionado se a eleição está sub júdice, devido ao processo na Justiça Eleitoral sobre a compra por petistas de um suposto dossiê contra candidatos do PSBD, afirmou que ``toda e qualquer eleição é eleição sub júdice''. ``Desde que estou integrado ao Judiciário, jamais presenciei uma eleição sem processos pendentes'', afirmou. Segundo ele, não se pode fazer especulações de que ``talvez tenhamos um terceiro turno''. ``Está na nossa Constituição Federal um princípio, que é o princípio da não culpabilidade. A culpa tem que ser comprovada, e tem que ser compravada de forma robusta... não vamos precipitar as coisas, vamos observar a ordem natural que a elas é própria'', ponderou. Marco Aurélio defendeu que um candidato à reeleição para a Presidência da República se afaste do cargo para disputar o pleito, o que não é necessário pela legislação eleitoral que vigora. ``É muito difícil separar a figura do administrador da figura do candidato. Essa dificuldade decorre até mesmo da circunstância, de o administrador-candidato à reeleição permanecer na cadeira, sucumbindo às tentações'', disse.

Gente de OpiniãoTerça-feira, 23 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou nesta sexta-feira (25) maioria de votos para determinar que a Câmara dos Deputados faça a redistribuição do

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

O Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (SInagências) conseguiu uma solução direta do governo após intensa articulaç

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Reservas foi instaurada em Rondônia para investigar possíveis irregularidades nos processos de criação

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Na tarde dessa segunda-feira (06), o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (SECOM), Paulo Pimenta, esteve r

Gente de Opinião Terça-feira, 23 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)