Porto Velho (RO) sexta-feira, 22 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

TSE garante a candidatura de Maluf a deputado


Isabel Braga - Agência O GloboBRASÍLIA - O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) garantiu nesta terça-feira o registro eleitoral do ex-governo de São Paulo, Paulo Salim Maluf, que concorre a deputado federal. O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo já havia dado o registro eleitoral a Maluf, mas o Ministério Público Eleitoral recorreu ao TSE para tentar impugnar a candidatura. Os procuradores argumentaram que o candidato apresentou à Justiça Eleitoral uma declaração de bens incompleta.Segundo os procuradores, Maluf não declarou como patrimônio uma tela do pintor Lasar Segall, dois relógios e um par de brincos, avaliados em US$ 2,3 milhões. Maluf defendeu-se, argumentando que o quadro tinha sido comprado por um de seus filhos, que os relógios tinham sido roubados - e que por isso não os tinha incluído na declaração de bens atual - e que o par de brincos foi um presente seu a sua mulher.O TRE acatou os argumentos e deferiu a candidatura. O relator do recurso contra Maluf no TSE, ministro José Delgado, leu, na íntegra, a decisão tomada pelo TRE de São Paulo e argumentou que ela estava correta. Os demais ministros acompanharam o voto do relator e o tribunal manteve o direito de Maluf de concorrer nas eleições deste domingo.

Mais Sobre Política - Nacional

Câmara dos Deputados: CCJC aprova projeto de política nacional de prevenção ao suicídio

Câmara dos Deputados: CCJC aprova projeto de política nacional de prevenção ao suicídio

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO), informou que Câmara dos Deputados, por meio da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC)

Vídeo: Mariana Carvalho comemora a aprovação do seu projeto em que o agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

Vídeo: Mariana Carvalho comemora a aprovação do seu projeto em que o agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

Projeto da deputada Mariana Carvalho (PSDB-RO) e do deputado Rafael Motta (PSB-RN) é aprovado no Senado Federal. O projeto determina que o agressor

APROVADO – Agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

APROVADO – Agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

O Plenário do Senado aprovou, nesta terça-feira (19), projeto que determina que o agressor nos casos de violência doméstica e familiar será obrigado a

Câmara dos Deputados aprova prioridade de matrícula para filhos de mulher vítima de violência

Câmara dos Deputados aprova prioridade de matrícula para filhos de mulher vítima de violência

Proposta permite ao juiz determinar a matrícula ou transferência de dependentes da mulher vítima de violência independentemente da existência de vagaO