Porto Velho (RO) quarta-feira, 21 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

TSE apura panfleto com nome de Lula e número do PSDB


Agência O GloboBRASíLIA - A coligação A Força do Povo, do candidato à reeleição Luiz Inácio Lula da Silva (PT-PRB-PC do B), entrou sexta-feira com uma representação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na qual pede a investigação e a punição dos responsáveis pela distribuição, em Pernambuco, de panfletos onde Lula aparece ao lado do número do candidato adversário, Geraldo Alckmin (PSDB-PFL).De acordo com o TSE, a representação acusa a coligação Por um Brasil Decente e Alckmin por suposta propaganda eleitoral irregular praticada na véspera e no dia do primeiro turno da eleição.O ministro Carlos Alberto Menezes Direito avaliará e julgará o caso, que já está sendo investigado pelo Ministério Público de Pernambuco.O Código Eleitoral define como crime, punível com detenção de dois meses a um ano ou pagamento de 120 a 150 dias-multa, divulgar fatos que se sabem inverídicos, em relação a partidos ou a candidatos, capazes de exercerem influência perante o eleitorado.

Mais Sobre Política - Nacional

Sergio Moro escolhe delegados da Lava Jato para PF e departamento do MJ

Sergio Moro escolhe delegados da Lava Jato para PF e departamento do MJ

O juiz federal Sergio Moro, que assumirá o Ministério da Justiça no próximo governo, confirmou hoje (20) os nomes dos delegados Maurício Valeixo pa

Paulo Guedes quer secretaria de privatizações para acelerar a venda de ativos

Paulo Guedes quer secretaria de privatizações para acelerar a venda de ativos

O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, pretende criar uma Secretaria de Privatizações no governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) par

Haddad vira réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro

Haddad vira réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro

É a primeira vez que o petista se torna réu em ação criminal

O presidente eleito Jair Bolsonaro diz que soberania e leis do Brasil devem ser respeitadas

O presidente eleito Jair Bolsonaro diz que soberania e leis do Brasil devem ser respeitadas

Em meio a reações como a do governo cubano que decidiu suspender a parceira com o Programa Mais Médicos, o presidente eleito Jair Bolsonaro voltou a