Porto Velho (RO) quinta-feira, 17 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

TRE negou registro a 91 candidatos do Pará


Agência O GloboBELÉM - O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Pará divulgou um balanço dos registros de candidatura. Exatos 91 candidatos a cargos eletivos não poderão disputar as eleições por indeferimento dos registros ou renúncia. No TRE há ainda 25 candidaturas rejeitadas contestando as deliberações do pleno. Em sete que foram indeferidas, os interessados ainda têm tempo para reclamar das decisões e tentar retornar à disputa. Das 698 candidaturas que iniciaram a disputa pelo voto no estado, 26 renunciaram e 65 tiveram seus registros indeferidos. Os impedidos de participar do pleito continuam brigando na Justiça para se manter no páreo.A maioria dos impedimentos está relacionada à falta de documentos, sobretudo as certidões de quitação eleitoral, documento que comprova o pagamento de pendências por multas aplicadas pela Justiça referente à outros pleitos. Porém, há ainda os impedimentos ligados à falta de entrega de certidão negativa de antecedentes criminais, de comprovante de escolaridade, de filiação partidária e até por dupla filiação.Os candidatos que tiveram seus registros indeferidos e que ainda podem contestar as decisões devem protocolar os embargos de declaração no prazo de três dias, a contar da data da publicação dos acórdãos. Os processos estão sendo julgados a cada sessão ordinária e, dependendo da situação, os recursos podem chegar até o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).Todos os candidatos rejeitados por má gestão e improbidade administrativa, atestado em decisões dos Tribunais de Contas do Município, Estado e União continuam tentando se manter no pleito. Dentre os mais conhecidos estão os ex-prefeitos José Diogo, de Bragança; José Chiappetta, de Ponta de Pedras e Wagner Fontes, de Redenção, além do deputado estadual, candidato à reeleição, Artur Tourinho (PMDB).

Mais Sobre Política - Nacional

HASTA LA VISTA, BAMBINO

HASTA LA VISTA, BAMBINO

Césare Battisti buscou a proteção de Evo Morales, seu aliado de esquerda.

Jair Bolsanaro assina decreto e  pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

Jair Bolsanaro assina decreto e pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

A partir do decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro hoje (15), no Palácio do Planalto, cidadãos brasileiros com mais de 25 anos poderão compra

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

São casos exemplares que demonstram comportamentos opostos dos governos

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

O governo federal vai fazer uma auditoria em 2 milhões de benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que têm indícios de irregul