Porto Velho (RO) segunda-feira, 18 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Transações bancárias chegam ao celular


Agência O GloboRIO - O mercado de telefonia móvel, com quase 100 milhões de aparelhos no Brasil, é o mais novo alvo dos bancos. Segundo reportagem publicada no jornal O Globo neste domingo, algumas instituições já preparam serviços para permitir que o usuário tenha acesso a saldo, extrato, pagamento de contas, transferência de dinheiro, DOC e até empréstimos pelo celular.Além disso, o consumidor também poderá fazer compras usando seu aparelho de telefone móvel, em vez de usar o cartão de crédito.Segundo Maurício Ghetler, consultor da Federação Brasileira dos Bancos (Febraban), o serviço por meio do celular vai representar 10% de todas as transações eletrônicas em 2010, com 4,5 bilhões de operações.O Banco do Brasil, por exemplo, já oferece todas as soluções do auto-atendimento via telefonia móvel, como transferência, pagamento de contas, saldo e empréstimo consignado.O Bradesco terá, dentro de dois meses, sua nova versão do banco pelo celular, assim como o Unibanco.

Mais Sobre Política - Nacional

Engenheiro da Petrobras denuncia roubo de meio trilhão

O Brasil está prestes a ser roubado em meio trilhão de reais por conta do projeto de lei 8939/2017...

Dodge diz que sistema prisional precisa entrar na agenda política

Segundo a procuradora-geral, o problema precisa ser enfrentado de forma coordenada e integrada por todos titulares da Ação Penal Pública, do sistema d

Temer corta 95% das verbas de programas sociais e compromete futuro de milhões

Temer corta 95% das verbas de programas sociais e compromete futuro de milhões

Temer corta 95% das verbas de programas sociais e compromete futuro de milhões

Aepet denuncia: Temer prepara maior crime da história durante a Copa

Aepet denuncia: Temer prepara maior crime da história durante a Copa

AEPET alerta: "as multinacionais pretendem que o governo Temer anule a decisão do Conselho Nacional de Política Energética pela contratação direta da