Porto Velho (RO) segunda-feira, 21 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Trabalhador jovem ganha pouco


Agência O Globo SÃO PAULO - Além de enfrentar dificuldade em conseguir emprego, os jovens ganham pouco. Estudo revela que os trabalhadores entre 16 e 24 anos representam 35% dos que recebem um salário-mínimo (R$ 350) na Região Metropolitana de São Paulo.Os dados foram divulgados nesta segunda-feira pelo Departamento Intersindical de Estudos Sócio-Econômicos (Dieese). Uma das explicações é a baixa escolaridade dos jovens.- Pela idade, muitos jovens ainda não tiveram acesso ao ensino superior. As melhores vagas e remunerações são para quem tem universidade - afirma Frederico Melo, técnico e economista do Dieese.Além disso, como já estão no mercado de trabalho, esses jovens têm menores chances de conseguir as vagas que exigem maior qualificação.- Terão que conciliar os estudos com trabalho - afirma.Entre os ocupados que ganham o piso, 29,3% têm entre 25 e 39 anos e 34,9% 40 anos ou mais.- Mas é preciso destacar que os jovens são 21,3% dos trabalhadores ocupados, enquanto quem tem 40 anos ou mais 36,3%. Ou seja, mesmo sendo minoria entre os ocupados, os jovens são a maior parte dos que ganham o mínimo - explica.

Mais Sobre Política - Nacional

GENTE QUE MUITO PULA

GENTE QUE MUITO PULA

É melhor ficar quieto e deixar que pensem que você talvez tenha errado do que mexer-se e tirar a dúvida

HASTA LA VISTA, BAMBINO

HASTA LA VISTA, BAMBINO

Césare Battisti buscou a proteção de Evo Morales, seu aliado de esquerda.

Jair Bolsanaro assina decreto e  pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

Jair Bolsanaro assina decreto e pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

A partir do decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro hoje (15), no Palácio do Planalto, cidadãos brasileiros com mais de 25 anos poderão compra

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

São casos exemplares que demonstram comportamentos opostos dos governos