Porto Velho (RO) segunda-feira, 21 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Trabalhador jovem ganha pouco


Agência O Globo SÃO PAULO - Além de enfrentar dificuldade em conseguir emprego, os jovens ganham pouco. Estudo revela que os trabalhadores entre 16 e 24 anos representam 35% dos que recebem um salário-mínimo (R$ 350) na Região Metropolitana de São Paulo.Os dados foram divulgados nesta segunda-feira pelo Departamento Intersindical de Estudos Sócio-Econômicos (Dieese). Uma das explicações é a baixa escolaridade dos jovens.- Pela idade, muitos jovens ainda não tiveram acesso ao ensino superior. As melhores vagas e remunerações são para quem tem universidade - afirma Frederico Melo, técnico e economista do Dieese.Além disso, como já estão no mercado de trabalho, esses jovens têm menores chances de conseguir as vagas que exigem maior qualificação.- Terão que conciliar os estudos com trabalho - afirma.Entre os ocupados que ganham o piso, 29,3% têm entre 25 e 39 anos e 34,9% 40 anos ou mais.- Mas é preciso destacar que os jovens são 21,3% dos trabalhadores ocupados, enquanto quem tem 40 anos ou mais 36,3%. Ou seja, mesmo sendo minoria entre os ocupados, os jovens são a maior parte dos que ganham o mínimo - explica.

Mais Sobre Política - Nacional

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que