Porto Velho (RO) domingo, 19 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Telefonia fixa será cobrada em minutos a partir de março


Monica Tavares - Agência O GloboBRASÍLIA - O conselho diretor da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou nesta quarta-feira o plano alternativo obrigatório de minutos. Este plano é destinado principalmente a quem usa o telefone para se conectar à internet e terá que ser oferecido pelas empresas de telefonia a partir de 1º de março de 2007, quando elas também começam a substituir a medição de pulso para minuto. Na prática, o usuário poderá optar entre o plano básico e o alternativo, ambos em minutos e que terão de ser oferecidos obrigatoriamente pelas empresas. A qualquer momento o usuário poderá passar de um plano para o outro sem qualquer ônus. As empresas deverão começar a distribuir um material explicativo sobre os dois planos 60 dias antes da conversão de pulso para minuto. Isso terá que ser feito por meio de folheto anexo à conta telefônica e por outros meios de divulgação ainda não determinados pela Anatel. O usuário poderá optar entre um plano ou outro pelo call center das concessionárias, embora não estejam vedadas outras formas de opção.Segundo o presidente da Anatel, Plínio de Aguiar Junior, no plano alternativo o usuário não terá nenhum ganho ou perda em relação ao que é cobrado atualmente na conta por pulsos. As franquias, que são os valores a que o usuário tem direito quando paga a assinatura mensal, serão de 400 minutos para o consumidor residencial e de 360 minutos para o não-residencial e de tronco (PABX). O valor da habilitação e da assinatura mensal serão os mesmos do plano básico.

Mais Sobre Política - Nacional

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

BLOG NOCAUTECom informações do Poder 360A Editora Abril, que já foi a maior do Brasil, acumulou dívidas de cerca de R$ 1,6 bilhão. Só na semana passad

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

O jornalista e escritor Palmério Dória denuncia em seu Twitter o cinismo escancarado do Grupo Globo em omitir o que ele chama de 'engenharia do caos';

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di