Porto Velho (RO) domingo, 19 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

TCU: dinheiro da operação tapa-buracos foi para a sarjeta


Agência O GloboMônica Tavares - O GloboBRASÍLIA - O ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Augusto Nardes informou nesta quinta-feira que a primeira fiscalização do órgão constatou que metade dos 103 trechos de rodovias federais que passaram pela operação tapa-buracos tem irregularidades, como falta de contratos e projetos. Segundo ele, em muitos casos não era preciso fazer a obra em caráter emergencial, o que permite dispensar licitação. Ele concedeu entrevista para falar sobre o seminário "Desenvolvimento de Infra-estrutura de Transportes no Brasil - Perspectivas e Desafios", que será realizado pelo TCU nos dias 28 e 29.- O dinheiro aplicado na operação tapa-buracos foi literalmente jogado na sarjeta - disse Augusto Nardes, destacando que o trabalho feito foi superficial.Quase um ano depois da operação, os técnicos do TCU realizaram uma nova fiscalização. Em uma amostra de 10% de rodovias beneficiadas com o tapa-buracos, eles verificaram que após as chuvas quatro estradas tinham problemas novamente. O Tribunal informou a localização de duas delas - BR-330 na Bahia e BR-020 em Goiás. Os contratos das duas rodovias custaram R$ 2,6 milhões cada um.O ministro defendeu ainda a capacitação e profissionalização das agências reguladoras do setor de transportes. Para Nardes, a fiscalização da Operação Tapa-buracos não é feita de forma correta.

Mais Sobre Política - Nacional

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

BLOG NOCAUTECom informações do Poder 360A Editora Abril, que já foi a maior do Brasil, acumulou dívidas de cerca de R$ 1,6 bilhão. Só na semana passad

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

O jornalista e escritor Palmério Dória denuncia em seu Twitter o cinismo escancarado do Grupo Globo em omitir o que ele chama de 'engenharia do caos';

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di