Porto Velho (RO) quinta-feira, 17 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Tasso diz que PSDB não vai contestar vitória de Lula


Raquel Miura - Agência O GloboBRASÍLIA - O presidente nacional do PSDB, Tasso Jereissati, disse que os tucanos não pretendem contestar na Justiça o novo mandato conquistado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva neste domingo, mas deixou claro que a oposição vai continuar cobrando a apuração da tentativa de compra do dossiê contra políticos tucanos.- Não passa pela nossa cabeça contestar o mandato do presidente Lula na Justiça, mas queremos a apuração dos fatos - afirmou.O tucano disse que a população escolheu que seu partido continuasse na oposição. Ele garantiu que o PSDB vai continuar votando o que for importante para o país, mas descartou qualquer hipótese de formar um governo de coalizão.- Seremos oposição, como fomos no primeiro mandato. Não há como mudar isso, essa foi a decisão das urnas, mas vamos continuar votando o que considerarmos importante para o Brasil. Se for para isso, o presidente Lula nem precisa me chamar para conversar - afirmou.

Mais Sobre Política - Nacional

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que