Porto Velho (RO) terça-feira, 20 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Tarso diz que divulgação de fotos do dinheiro foi articulada por tucanos


Cristiane Jungblut - AgênciaO GloboBRASÍLIA - O ministro das Relações Institucionais, Tarso Genro, reagiu com irritação à divulgação de fotos mostrando o dinheiro apreendido pela Polícia Federal com integrantes do PT durante tentativa de compra de um dossiê contra o tucano José Serra. Tarso disse que se trata de uma divulgação ilegal, já que a investigação corre em segredo de Justiça, e uma articulação entre pessoas do PSDB e da Polícia Federal.O ministro disse que é uma tentativa desesperada das elites de tentar virar o jogo eleitoral na última hora. Tarso comparou o vazamento das fotos do R$ 1,7 milhão à divulgação, em 2002, de foto de dinheiro apreendido no comitê de Roseana Sarney, que disputava a Presidência da República pelo PFL, e ao caso do seqüestro do empresário Abílio Diniz, dono da rede Pão de Açúcar, em 1989. Na ocasião, os seqüestradores usavam camisetas do PT.- Isso é uma repetição da camiseta no seqüestro do Abílio Diniz. Uma tentativa desesperada de criar um fato novo, inclusive de maneira ilegal. E certamente decorreu de algum tipo de articulação de alguém do PSDB com alguém da PF. Isso é uma postura antidemocrática para desestabilizar o processo eleitoral, mas o povo brasileiro já tem experiência, e não iria se enganar novamente. É a mesma tentativa que as elites fazem para tentar virar o jogo na última hora - disse Tarso.O ministro reafirmou que, apesar de dirigentes da campanha de Lula e o ex-assessor da Presidência da República Freud Godoy terem sido citados entre os que teriam negociado a compra do dossiê, o episódio não tem nenhum impacto na reeleção do presidente.- Esse caso nada tem a ver com o presidente Lula, com sua candidatura, e é um fato circunscrito a São Paulo - disse o ministro, chegando a se irritar com pergutnas a respeito do impacto do escândalo na campanha do petista Aloizio Mercadante.

Mais Sobre Política - Nacional

Paulo Guedes quer secretaria de privatizações para acelerar a venda de ativos

Paulo Guedes quer secretaria de privatizações para acelerar a venda de ativos

O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, pretende criar uma Secretaria de Privatizações no governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) par

Haddad vira réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro

Haddad vira réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro

É a primeira vez que o petista se torna réu em ação criminal

O presidente eleito Jair Bolsonaro diz que soberania e leis do Brasil devem ser respeitadas

O presidente eleito Jair Bolsonaro diz que soberania e leis do Brasil devem ser respeitadas

Em meio a reações como a do governo cubano que decidiu suspender a parceira com o Programa Mais Médicos, o presidente eleito Jair Bolsonaro voltou a

O registro de plantas e flores ornamentais será debatido no Senado

O registro de plantas e flores ornamentais será debatido no Senado

Pelo projeto, o produtor que desenvolver uma nova cor de orquídea pode ser liberado da inscrever o produto no RNCA Comissão de Agricultura e Reforma A