Porto Velho (RO) segunda-feira, 14 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Tarso discute no Senado possibilidade de votar reforma política, mudanças no Orçamento e fim da reel


olando Lourenço
Agência Brasil

O ministro da Secretaria de Relações Institucionais, Tarso Genro, reuniu-se hoje (30) com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), quando conversaram sobre as votações do Senado na próxima semana e sobre o processo de articulação política para o próximo governo. Sobre a negociação dos trabalhos até o próximo governo, o ministro informou que a intenção é verificar a disposição do presidente do Senado para a discussão de três temas: reforma política, reforma legislativa no processamento do orçamento e o fim da reeleição.

Na opinião do ministro, esses três temas podem ser trabalhados no período entre a eleição e a posse do novo Congresso. "São pontos que podem compor um grande acordo entre governo e oposição e é importante que o Congresso Nacional se debruce no debate desses temas no próximo período para desobstrui o processo legislativo", disse o ministro. Segundo Tarso Genro, a votação desses pontos é importante para que o país possa ter condições de estabilidade e governabilidade superiores as que foram obtidas até agora. A "concertação política", de acordo com o ministro, é um acordo entre oposição e governo para resolver temas que são de interesses comuns.

Segundo Tarso Genro, o interesse na aprovação desses três temas emergiu da sociedade e da própria oposição e não é uma pauta do governo. "O encaminhamento dessas questões tem que começar agora, porque o Brasil tem pressa para a estabilidade, para o crescimento e para a desobstrução do processo político", disse o ministro. E acrescentou: "Há uma grande vontade política em relação a essas questões: fim da reeleição, votação da reforma política e da reforma legislativa na questão do processo de elaboração do orçamento".

Tarso Genro informou também que já conversou com o presidente da Câmara, deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP), sobre as votações na próxima semana, quando será realizado o último esforço concentrado do Congresso Nacional no período pré-eleitoral, e que Aldo pediu a ele para que o governo retire algumas urgências constitucionais de projetos que trancam a pauta para acelerar o processo de votações. Tarso Genro informou que o governo está disposto a colaborar com a desobstrução da pauta da Câmara e deverá retirar as urgências que forem necessárias.
 

Mais Sobre Política - Nacional

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Implacável para condenar lideranças do PT na República de Curitiba, a Justiça brasileira não mostra o mesmo furor para investigar e julgar os tucanões

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que o anúncio da liberação de saques das contas ativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviç