Porto Velho (RO) segunda-feira, 20 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Suassuna: 'Por ora, estou muito enojado da política'


Evandro Eboli - Agência O GloboBRASÍLIA - Logo após a votação no Conselho de Ética do Senado que o livrou da cassação, o senador Ney Suassuna (PMDB-PB) disse que não houve pizza e acusou a imprensa de injustiçá-lo. Suassuna disse que volta à vida de empresário, como um cidadão comum.- Volto a cuidar dos meus negócios, dos meus shoppings e empresas, que tenho em vários estados e vários países. Volto a ser um cidadão comum - afirmou.Suassuna disse ainda que é cedo para decidir se continuará na vida pública ou não. Ele não conseguiu se reeleger na eleição passada.- Por ora, estou muito enojado da política - disse.Por doze votos a dois, o Conselho de Ética aprovou um voto de censura verbal ao senador, em vez da cassação, proposta pelo relator Jefferson Peres (PDT-AM). Apenas o relator e o senador Demostenes Torres (PFL-GO) votaram contra o voto em separado do senador Wellington Salgado (PMDB-MG), que propôs a censura verbal. Votaram pela pena mais leva a Suassuna os senadores Sibá Machado, Ana Júlia Carepa e Fátima Cleide, do PT; Valdir Raupp, Wellington Salgado e Luiz Otávio, do PMDB; Sérgio Guerra, Arthur Virgílio, Antero Paes de Barros, Juvêncio da Fonseca, do PSDB; Heráclito Fortes e Paulo Octávio, do PFL.

Mais Sobre Política - Nacional

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

BLOG NOCAUTECom informações do Poder 360A Editora Abril, que já foi a maior do Brasil, acumulou dívidas de cerca de R$ 1,6 bilhão. Só na semana passad

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

O jornalista e escritor Palmério Dória denuncia em seu Twitter o cinismo escancarado do Grupo Globo em omitir o que ele chama de 'engenharia do caos';

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di