Porto Velho (RO) sexta-feira, 18 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

STJ quer volta de privilégios


Agência O GloboRIO - O procurador-geral da república está tentando barrar, no Supremo, a volta de privilégios para integrantes do judiciário. Entre eles, férias coletivas e pagamento extra.Os juízes têm 60 dias de férias, além de duas semanas de recesso no mês de dezembro. Agora, o Conselho Nacional de Justiça, criado há um ano e meio para ser os olhos da sociedade contra os abusos do judiciário, decidiu dar aos juízes outro privilégio.Eles podem receber as férias em dinheiro, com o abono de um terço incluído, e sem pagar Imposto de Renda. O conselho alega que seria uma indenização. Tratamento que não é dado aos demais contribuintes.Se vendesse 30 dias de férias, um juiz com salário de R$ 20 mil, receberia R$ 26,66 mil e não pagaria cerca de R$ 5,5 mil de Imposto de Renda.O Conselho Nacional de Justiça decidiu, também, devolver aos juízes um direito que foi cortado pelo congresso há dois anos: as férias coletivas do Judiciário.Antes da mudança feita pelos deputados e senadores, nos meses de janeiro e julho, só funcionava o plantão da justiça, porque os juízes saíam de férias ao mesmo tempo.O procurador-geral da República Antônio Fernando Souza entrou com duas ações contra os privilégios no Supremo Tribunal Federal."As duas resoluções, ao meu ver, e isso eu estou submetendo ao Supremo, elas estão ofendendo norma constitucional", disse Antônio Fernando Souza.O Conselho Nacional de Justiça não se manifestou sobre as ações do procurador-geral.

Mais Sobre Política - Nacional

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que