Porto Velho (RO) segunda-feira, 21 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

STF nega mais um recurso de deputado citado pela CPI dos Sanguessugas


Alan Gripp - Agência O GloboBRASÍLIA - O Supremo Tribunal Federal (STF) negou esta semana mais um recurso impetrado por um deputado envolvido com a máfia das ambulâncias. Alegando que não teve direito de defesa, o petebista Fernando Gonçalves (RJ) pediu a suspensão dos efeitos do relatório parcial da CPI dos Sanguessugas, que recomendeu a abertura de processos de cassação contra ele e mais 71 parlamentares.O recurso foi negado pelo ministro Gilmar Mendes, que aceitou os argumentos da CPI de que o relatório foi produzido após a entrega de defesa por escrito de cada um dos suspeitos.Na semana passada, o Supremo já negara recurso semelhante a outros dez deputados, que tentaram suspender os efeitos do relatório em um mandado de segurança impetrado em conjunto por eles.

Mais Sobre Política - Nacional

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que