Porto Velho (RO) quarta-feira, 21 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Servidores da Previdência decidem continuar trabalhando


Agência O Globo BRASÍLIA - Os servidores da Previdência Social não vão entrar em greve por enquanto. Após se reunirem neste sábado em Brasília, resolveram esperar mais uma semana. Neste período, vão fazer manifestações nos estados e tentar chegar a um acordo com o governo. Mas poderá haver paralisações esporádicas, segundo o diretor de organização da Federação Nacional dos Servidores da Previdência e Saúde (Fenasps), Sandro Alex Oliveira César.Ele informa que, se ainda assim não houver entendimento, a categoria vai parar.- Não chegando a uma solução, a greve será inevitável.Os servidores reivindicam implementação do plano de carreira, fixação da jornada de trabalho de 30 horas semanais (atualmente são 40) e contratação de novos profissionais.Segundo o diretor do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde e Previdência no Estado de São Paulo (Sinsprev), José Rubens Decares, há um ano o sindicato tenta negociar com o governo um plano de carreira.

Mais Sobre Política - Nacional

Sergio Moro escolhe delegados da Lava Jato para PF e departamento do MJ

Sergio Moro escolhe delegados da Lava Jato para PF e departamento do MJ

O juiz federal Sergio Moro, que assumirá o Ministério da Justiça no próximo governo, confirmou hoje (20) os nomes dos delegados Maurício Valeixo pa

Paulo Guedes quer secretaria de privatizações para acelerar a venda de ativos

Paulo Guedes quer secretaria de privatizações para acelerar a venda de ativos

O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, pretende criar uma Secretaria de Privatizações no governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) par

Haddad vira réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro

Haddad vira réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro

É a primeira vez que o petista se torna réu em ação criminal

O presidente eleito Jair Bolsonaro diz que soberania e leis do Brasil devem ser respeitadas

O presidente eleito Jair Bolsonaro diz que soberania e leis do Brasil devem ser respeitadas

Em meio a reações como a do governo cubano que decidiu suspender a parceira com o Programa Mais Médicos, o presidente eleito Jair Bolsonaro voltou a