Domingo, 25 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Senador admite uso de carro da máfia dos sanguessugas


Agência O Globo - Alan Gripp e Chico Otavio BRASÍLIA E RIO - O senador Magno Malta (PL-ES) confirmou em reportagem do jornal 'O Globo' que usou por mais de um ano o carro que, segundo o empresário Luiz Antônio Vedoin, apontado como um dos chefes da máfia das ambulâncias, foi dado a ele como pagamento de propina. O senador alegou, no entanto, inocência e disse que o Fiat Ducato preto KAM-4467 não foi um presente da quadrilha, mas um empréstimo do deputado Lino Rossi (PP-MT), também acusado por Vedoin de envolvimento com a quadrilha. - Devo ter usado o carro por um ano e pouco, mas há um ano e dois meses, mais ou menos, devolvi. Entrei nessa coisa de gaiato. Não conheço essa corja - disse Malta. Nesta segunda-feira, o vice-presidente da CPI dos Sanguessugas, deputado Raul Jungmann (PPS-PE), disse que já tem provas suficientes para confirmar a participação de cerca de 80% dos 112 parlamentares acusados de envolvimento no esquema. Segundo ele, as provas incluem gravações telefônicas e cópias de depósitos bancários, entre outros documentos. - As dúvidas são quanto aos que receberam em dinheiro vivo, por exemplo, por ser fato de difícil comprovação - afirmou. Até agora, a CPI notificou apenas os 57 parlamentares que estão sendo investigados pelo Ministério Público e pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Um grupo de cinco integrantes da comissão apresentou, no entanto, um requerimento para que a CPI notifique os outros 55 parlamentares denunciados no depoimento à Justiça do empresário Luiz Antônio Trevisan Vedoin, acusado de chefiar o esquema, para que apresentem suas defesas por escrito. - Esses novos denunciados não estão sendo investigados. Por isso, a notificação é necessária até para que eles possam se defender em algum fórum e comecem a ser investigados. É importante que a sociedade saiba que a CPI vai até o fim - ressaltou Jungmann. O grupo apresentou também requerimento para a quebra de sigilo bancário e telefônico de todas as pessoas citadas no depoimento de Vedoin. Jungmann afirmou ainda que vai solicitar a convocação, para depor na CPI, do petista José Airton Cirilo, que, na época em que era assessor do ex-ministro da Saúde Humberto Costa, teria, segundo Vedoin, recebido dinheiro para intermediar contatos da "máfia das ambulâncias" com governos petistas do Piauí e do Mato Grosso do Sul. - É preciso convocar todos os que forem necessários. O próprio Humberto Costa já se colocou à disposição da CPI para qualquer esclarecimento. Depois das devidas explicações, os 112 serão implicados ou inocentados pela CPI - explicou. O deputado adiantou que, em conjunto com outros membros da comissão, vai solicitar a continuidade, em 2007, dos processos contra os parlamentares cujas participações no esquema de fraudes sejam comprovadas pela CPI. - Aqueles que forem reeleitos deverão passar por um processo de cassação e os demais deverão ser julgados pela Justiça comum. O relator da CPI, senador Amir Lando (PMDB-RO), afirmou que, no relatório parcial que deverá apresentar no dia 18 de agosto, pretende apontar os nomes de todos os parlamentares cujas provas já são suficientes para incriminá-los. - Vamos apresentar no relatório o nome de todos cuja culpabilidade já é visível e encaminhar os resultados à Comissão de Ética - afirmou Lando. Em depoimento à Justiça, que se estendeu por nove dias, o empresário Luiz Vedoin detalhou como funcionava o esquema de fraude na compra de ambulâncias. Segundo ele, 112 parlamentares estariam envolvidos no golpe, que atingiu quase 10% dos municípios brasileros.

Gente de OpiniãoDomingo, 25 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou nesta sexta-feira (25) maioria de votos para determinar que a Câmara dos Deputados faça a redistribuição do

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

O Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (SInagências) conseguiu uma solução direta do governo após intensa articulaç

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Reservas foi instaurada em Rondônia para investigar possíveis irregularidades nos processos de criação

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Na tarde dessa segunda-feira (06), o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (SECOM), Paulo Pimenta, esteve r

Gente de Opinião Domingo, 25 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)