Porto Velho (RO) domingo, 24 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Segurança que foi obrigado a ficar nu é indenizado


Karina Lignelli - Agência O Globo SÃO PAULO - A 2ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho (TST) obrigou uma empresa de transporte de valores a indenizar um de seus ex-seguranças em 40 vezes o valor do seu salário. O trabalhador era submetido todos os dias à revista íntima onde era obrigado a ficar nu em frente a outros funcionários, numa sala com espelho e circuito interno de TV.- Mesmo prevista em contrato, a revista torna-se irrelevante frente ao prejuízo à dignidade do empregado - disse o ministro do TST Renato de Lacerda Paiva. Para a advogada Aparecida Tokumi Hashimoto, a prática é indigna e vexatória.- A intimidade do trabalhador não deve ser objeto de negociação em convenção coletiva, nem a revista deveria constar em contrato, sendo feita só se existir motivo. Nesse caso, virou agressão. Quem se sentir prejudicado deve ir ao Ministério Público do Trabalho denunciar o problema - alerta.

Mais Sobre Política - Nacional

Marco Aurélio Mello culpa Cármen Lúcia por prisão ilegal de Lula

Marco Aurélio Mello culpa Cármen Lúcia por prisão ilegal de Lula

 247 – Um dia depois de denunciar à televisão portuguesa que o ex-presidente Lula está preso ilegalmente no Brasil (saiba mais aqui), o ministro Marco

 'Decisão de Fux já custou mais de R$ 4 bi ao País'

'Decisão de Fux já custou mais de R$ 4 bi ao País'

"Uma decisão tomada há quase quatro anos pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal, já custou mais de R$ 4 bilhões aos cofres públicos sem

No mesmo dia em que manobrou contra Lula, Fachin livrou Temer

No mesmo dia em que manobrou contra Lula, Fachin livrou Temer

Fachin arquivou uma investigação da Polícia Federal que recaía contra Temer. A apuração era sobre um manuscrito apreendido no gabinete do senador pel

Ministro de Temer fala em 'guerra letal' nas favelas e avisa que 'criança bonitinha' pode virar alvo

Ministro de Temer fala em 'guerra letal' nas favelas e avisa que 'criança bonitinha' pode virar alvo

"Você vê uma criança bonitinha, de 12 anos de idade, entrando em uma escola pública, não sabe o que ela vai fazer depois da escola. É muito complicado