Porto Velho (RO) sábado, 21 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Segundo turno define eleição em cinco estados e no Distrito Federal


 
Carolina Pimentel
Agência Brasil

Brasília – Em pelo menos cinco estados e no Distrito Federal (DF), os eleitores terão de voltar às urnas no dia 31 de outubro para decidir em segundo turno quem será o novo governador.

No Distrito Federal, em Goiás e em Rondônia, os candidatos que irão disputar o segundo turno já estão definidos. No primeiro, serão o ex-ministro Agnelo Queiroz (PT) e Weslian Roriz (PSC), que assumiu a disputa com a renúncia do marido, Joaquim Roriz, na última semana da campanha.

Em Goiás, a disputa será entre o senador Marconi Perillo (PSDB) e o ex-governador Iris Rezende (PMDB). Tanto Perillo quanto Rezende já foram duas vezes governadores de Goiás.

Em Rondônia, os candidatos que passaram para o segundo turno são ex-prefeito de Ariquemes Confucio Moura (PMDB) e o atual governador, João Cahulla (PPS).

Em Alagoas e no Amapá, haverá segundo turno, mas os candidatos ainda não estão definidos e a disputa está voto a voto. Em Alagoas, o atual governador Teotônio Vilela (PSDB) já está praticamente garantido para o segundo turno. A outra vaga é disputada pelo ex-governador Ronaldo Lessa (PDT) e o ex-presidente da República Fernando Collor.

No Amapá, o quadro está mais confuso. Os três primeiros colocados estão em empate técnico: Lucas Barreto (PTB), Camilo Capiberibe (PSB) e Jorge Amanajás (PSDB).

Em Roraima, o segundo turno vai ser disputado pelo deputado federal Neudo Campos (PP) e pelo atual governador José Anchieta (PSDB).

Mais Sobre Política - Nacional

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Implacável para condenar lideranças do PT na República de Curitiba, a Justiça brasileira não mostra o mesmo furor para investigar e julgar os tucanões

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que o anúncio da liberação de saques das contas ativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviç