Domingo, 14 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Sanguessugas: Planam pode não ter sido única empresa envolvida


Agência O Globo BRASÍLIA - A Planam, até agora a principal beneficiada pelo esquema dos sanguessugas, pode não ter sido a única empresa a atuar na máfia que operava no Congresso Nacional para a venda de ambulâncias superfaturadas com emendas parlamentares ao Orçamento. De acordo com reportagem do jornal 'O Globo', publicada neste sábado, a CPI dos Sanguessugas investiga a existência de pelo menos três esquemas paralelos que disputavam com os donos da Planam os recursos provenientes de emendas parlamentares. A concorrência foi revelada pelo dono da Planam, o empresário Luiz Antônio Vedoin, em seu depoimento à Justiça Federal de Mato Grosso, que o jornal 'O Globo' teve acesso exclusivo. No depoimento de nove dias prestado em Mato Grosso, Luiz Antônio Vedoin, réu confesso, denunciou o envolvimento de 115 parlamentares no esquema. Os parlamentares são acusados de receber suborno para apresentar emendas direcionadas a licitações fraudulentas vencidas pela Planam e outras empresas da família Vedoin. O esquema teria surgido em 1999 e desde então vinha se ampliando. No início do ano, a organização teria tentado estender seus tentáculos ao Ministério da Ciência e Tecnologia. Nesta sexta-feira, o vice-presidente da CPI dos Sanguessugas, deputado Raul Jungmann (PT-PE), afirmou que o esquema dos sanguessugas nasceu em 1999, durante o governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, teve um crescimento expressivo em 2002, ano eleitoral, e continuou crescendo ao longo do governo Lula. - O esquema nasceu em 1999, durante o governo Fernando Henrique. É relativamente pequeno até 2002. Em 2002, explode. É um ano eleitoral e os parlamentares queriam dinheiro para as campanhas. A partir daí continua crescendo - disse Jungmann. Jungmann sustentou, no entanto, que é secundário saber se os sanguessugas desviaram mais dinheiro durante o governo de Fernando Henrique ou de Lula. Para ele, o foco da CPI tem que ser a produção de provas contra os sanguessugas, independentemente da coloração partidária ou origem de cada um.

Gente de OpiniãoDomingo, 14 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou nesta sexta-feira (25) maioria de votos para determinar que a Câmara dos Deputados faça a redistribuição do

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

O Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (SInagências) conseguiu uma solução direta do governo após intensa articulaç

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Reservas foi instaurada em Rondônia para investigar possíveis irregularidades nos processos de criação

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Na tarde dessa segunda-feira (06), o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (SECOM), Paulo Pimenta, esteve r

Gente de Opinião Domingo, 14 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)