Porto Velho (RO) sábado, 7 de dezembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

RONDÔNIA na rota da OceanAir


Aliança entre BRA e OceanAir prevê participação de 10% no mercado doméstico em dois anosErica Ribeiro, Agência O GloboA aliança entre as companhias aéreas BRA e OceanAir, que passarã, a partir do dia 18 de junho, a operar uma malha de vôos integrada, prevê o aumento dos atuais 5% de participação de mercado no setor doméstico pelas duas empresas para 10%. O resultado da parceria será uma frota de 27 aviões, sendo que destes, três ficarão parados como aviões de reserva para emergências. Serão atendidas 55 cidades brasileiras, das quais, 14 novos mercados para até netão não atendidos pelas duas empresas.De acordo com o diretor Comercial da OceanAir, Plinio Fernandes, o objetivo da aliança é criar uma malha competitiva em mercados de média densidade. Para sair do nó do aeroporto de Congonhas, as empresas estão criando hubs (centros de distribuição de vôos) em Brasília, Galeão, Curitiba. Cuiabá e Salvador, que terão mais vôos ponto-a-ponto.- O que estamos fazendo é evitar o congestionamento dos aeroportos de São Paulo e encurtando o tempo de viagem dos passageiros com estes cinco hubs, que terão menos escalas - explica Luiz Henrique Barreto do Amaral, diretor de Marketing da BRA, acrescentando que para rotas do Centro-Oeste, as tarifas serão as mais competitivas em relação ao mercado em até 50%.As companhias estão investindo, juntas , R$ 20 milhões na criação de novos destinos e também em campanhas publicitárias que vão divulgar a aliança aos consumidores.Os 14 novos destinos são: Ji-Parana (RO); Vilhena (RO); Porto Velho (RO); Alta Floresta (MT); Sinop (MT). Araguaina (TO); Altamira (PA); Palmas (TO); Cuiabá (MT); Campo Grande (MS); Manaus (AM); Bauru (SP); Presidente Prudente (SP) e Uberaba (MG). A empresa pretende destinar 1,5% do faturamento gerado pela nova malha integrada em marketing. O faturamento previsto nesta nova aliança é de R$ 1 bilhão em 12 meses.O Rio de Janeiro também foi contemplado pela união das duas companhias, que decidiram criar um hub (centor de distribuição no aeroporto do Galeão. " O Rio está sendo ligado a mais de vinte destinos na nova malha integrada e isso significa um aumento de 20% na oferta de vôos pelo Galeão, pela BRA e OceanAir", afirma Luiz Henrique Barreto do Amaral, diretor de Marketing da BRA.

Mais Sobre Política - Nacional

Jaqueline Cassol cobra votação da MP que garante Revalida

Jaqueline Cassol cobra votação da MP que garante Revalida

A deputada federal Jaqueline Cassol (PP-RO) cobrou do presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ) a votação, antes que encerre o prazo, da Medida Provisórias cri

Supremo Tribunal Federal mantém decisão que proíbe gestantes em atividade insalubre

Supremo Tribunal Federal mantém decisão que proíbe gestantes em atividade insalubre

Por unanimidade e em ambiente virtual, o Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou recurso da Advocacia-Geral da União (AGU) e manteve a decisão, tomada

Boa notícia: Lula dará ao velho amigo 1ª entrevista fora da prisão

Boa notícia: Lula dará ao velho amigo 1ª entrevista fora da prisão

Neste ano e meio que ele está preso, não tive condições de viajar a Curitiba e fiquei esperando o amigo sair da prisão para poder falar com ele, certo

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p