Porto Velho (RO) quarta-feira, 16 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Renda do brasileiro sobe 12% em ano de eleição


Luciana Rodrigues (Agência O Globo)RIO - Em anos eleitorais a renda mediana dos brasileiros costuma subir 12,1%, mas em compensação, nos anos seguintes ao pleito há uma queda média de 11,9%. Os números foram apresentados nesta terça-feira numa pesquisa do Centro de Políticas Sociais da Fundação Getúlio Vargas (CPS/FGV). O economista Marcelo Neri diretor do CPS analisou os dados de renda da população brasileira desde 1982. O cálculo para os anos eleitorais não considerou, porém, o ano de1994, quando o IBGE não realizou suas Pesquisa Nacional por Amostragem Domiciliar (Pnad).- Às vésperas da eleição, o brasileiro costuma ter ganho de renda, mas paga a fatura no ano seguinte - afirma Marcelo Neri.Considerando só as eleições presidenciais de 1998 e 2002, houve ganho de renda de 3% no ano eleitoral e uma perda de 2% no ano seguinte. A pesquisa considerou a renda mediana, que é a linha que separa os 50% mais pobres dos 50% mais ricos da população brasileira.

Mais Sobre Política - Nacional

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que