Porto Velho (RO) sexta-feira, 23 de agosto de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Renan diz que Lula pode compatibilizar perfis técnicos com indicações políticas


Adriana Vasconcelos - Agência O GloboBRASÍLIA - O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), defendeu nesta quarta-feira que os partidos que fazem parte da coalizão que dará sustentação política ao segundo mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva indiquem os nomes de seus escolhidos para o Ministério, embora frisando que a decisão final cabe ao presidente. Renan não vê problema em compatibilizar perfis técnicos com indicações políticas.- As bancadas deveriam indicar os nomes, mas é claro que a decisão será do presidente - disse.Renan ressaltou que não participará do processo de negociação para composição da nova equipe de Lula por entender que isso não é adequado a um presidente do Senado. O peemedebista acredita que a definição de Lula só sairá em fevereiro.

Mais Sobre Política - Nacional

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Implacável para condenar lideranças do PT na República de Curitiba, a Justiça brasileira não mostra o mesmo furor para investigar e julgar os tucanões

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que o anúncio da liberação de saques das contas ativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviç