Porto Velho (RO) quarta-feira, 16 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Renan discutirá reformas com diretor do Banco Mundial


Agência O GloboBRASÍLIA - Dez dias depois de o Banco Mundial (Bird) anunciar que limitará empréstimos a países com governos envolvidos em corrupção, o diretor da instituição para o Brasil, John Briscoe, será recebido nesta segunda-feira pelo presidente do Senado, Renan Calheiros. Eles devem discutir as normas que o Senado vem aprovando para desburocratizar o país, garantir segurança jurídica e combater a corrupção, assim como a definição de marcos legais eficientes para o Brasil atrair mais investimentos no exterior.Diretor do Banco Mundial para o Brasil desde outubro do ano passado, John Briscoe deverá expor a Renan a linha de atuação dessa instituição junto a projetos estruturantes realizados em todo o país. Esses projetos contemplam, entre outros assuntos, turismo, meio ambiente, reforma administrativa, modernização do Estado e agricultura. Renan dirá a Briscoe como o Senado pode contribuir para firmar parcerias institucionais, destinadas a reduzir os ambientes para a corrupção.O presidente do Senado entende que, aprovando leis capazes de coibir o desvio de dinheiro público e propiciando segurança jurídica a quem investir no Brasil, o Legislativo poderá contribuir para aumentar o fluxo de capitais estrangeiros para o país. Essa idéia ampara-se no entendimento de que, muitas vezes, um organismo internacional quer investir num país e não o faz porque, sendo os contratos acertos de longo prazo, teme que futuras leis impeçam a concretização do que foi contratado.Deverá entrar em vigor no fim deste mês a decisão do Bird de restringir a concessão de empréstimos a países envolvidos com corrupção. O documento divulgado afirma que em países onde o governo for frágil e a corrupção estiver bloqueando o desenvolvimento, restarão à instituição três opções: restringir o financiamento, participar de atividades que não demandem crédito do banco ou, então, cortar totalmente o apoio financeiro.

Mais Sobre Política - Nacional

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que