Porto Velho (RO) segunda-feira, 20 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Remédio contra impotência teria sido falsificado


Demétrio Weber - Agência O GloboBRASÍLIA - A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou nesta terça-feira a apreensão e inutilização do lote A150912 do remédio Cialis, contra impotência. A justificativa é que o lote conteria produto falsificado que se mostrou ineficaz. A Anvisa agiu a pedido do laboratório Eli Lilly, fabricante do Cialis. Segundo a agência, a falsificação foi descoberta a partir da reclamação de um cliente insatisfeito com a falta de resultado. Ele comprou o remédio no município de Aliança do Tocantins (TO), e encaminhou a queixa ao laboratório.A Anvisa informou que a falsificação é facilmente identificável nas embalagens do lote A150912. Para isso, basta o consumidor raspar, com uma moeda, o dispositivo da tinta reativa, mais conhecido por "raspadinha". No produto verdadeiro, aparece a palavra "qualidade", seguida do nome do laboratório. Na embalagem falsa, não aparece nada. Outra característica que denuncia a fraude é o selo do lacre de segurança, que deveria ser prateado. Em vez disso, é fosco, em tom rosa, no produto fraudado.De acordo com a Anvisa, o consumo do remédio falsificado não provocou efeitos colaterais. A agência vai rastrear os pontos de distribuição do produto. Até esta terça, a Anvisa não sabia se o lote fraudado teria chegado também ao Rio de Janeiro e a outros estados ou se ficou restrito a Tocantins. Os serviços estaduais e municipais de vigilância sanitária deverão recolher das farmácias os remédios do lote falsificado.

Mais Sobre Política - Nacional

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

BLOG NOCAUTECom informações do Poder 360A Editora Abril, que já foi a maior do Brasil, acumulou dívidas de cerca de R$ 1,6 bilhão. Só na semana passad

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

O jornalista e escritor Palmério Dória denuncia em seu Twitter o cinismo escancarado do Grupo Globo em omitir o que ele chama de 'engenharia do caos';

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di