Porto Velho (RO) quinta-feira, 16 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

RAUPP: Congresso deve aproveitar clima de tranquilidade


VALDIR RAUPP DIZ QUE CONGRESSO NACIONAL DEVE APROVEITAR O CLIMA DE TRANQUILIDADE E COMEÇAR A VOTAR

 O líder do PMDB no Senado Federal, Valdir Raupp, disse ontem, 02 de fevereiro, em entrevista à TV Senado, que o Congresso Nacional deve aproveitar o ambiente de tranqüilidade com que decorreu as eleições para a Presidência das duas Casas e começar discutir os itens da pauta. "O governo tem a tranqüilidade de presidir as duas Casas e deve aproveitar isso para votar o mais rápido possível projetos que são prioritários para o País", enfatizou.

 O Senado já começa o ano legislativo com três medidas provisórias trancando a pauta. A MP 326/06, que trata da liberação de crédito para leilões de produtos agrícolas e os projetos de lei de conversão 29 e 30 que dispõe do plantio de organismos geneticamente modificados em unidades de conservação e da contratação de pessoal pelo Ministério da Defesa, respectivamente. Todas elas já foram deliberadas pela Câmara dos Deputados.

 Mas a preocupação do líder peemedebista é com relação à discussão e aprovação do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Enviado pelo Poder Executivo, o PAC primeiro passará pela Câmara para só depois seguir ao Senado Federal. "Temos que nos unir para dar tranqüilidade à governabilidade. É urgente e necessário que aceleremos as discussões sobre o PAC, já foi criado para acelerar o crescimento da economia do país", defendeu o senador Raupp.

 Sobre as presidências das Comissões Temáticas do Senado Federal, o senador afirmou que já está tudo praticamente definido, que foi respeitada a proporcionalidade dos partidos e que agora só falta distribuir de acordo com o perfil de cada senador. "Falta o entendimento para ver qual o perfil de quem deve ocupar cada comissão, por exemplo, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) será presidida pelo senador Antônio Carlos Magalhães (PFL-BA); a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) ficou com o PT e quem presidirá será o senador Aloizio Mercadante (PT-SP), e assim por diante", explicou.

O PMDB vai presidir três comissões: A Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA); a Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA) e a recém-criada comissão de Ciência, Tecnologia e Comunicação, que, segundo o senador, "vai desempenhar uma importantíssima função já que vai possibilitar a discussão, por exemplo, sobre o Pólo e a TV digital no Brasil".
       
Fonte:  Paula Carvalho
        
carvalho.paula@gmail.com

Mais Sobre Política - Nacional

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di

Sonegação de R$ 26 bi do Itaú vai a julgamento. É a maior da história

Sonegação de R$ 26 bi do Itaú vai a julgamento. É a maior da história

Está revogada a decisão do Carf que havia livrado o banco de pagamento de multa de R$ 26 bilhões por sonegação de impostos; é a maior da história...

Bancários se manifestam em Brasília em defesa de bancos públicos

Bancários se manifestam em Brasília em defesa de bancos públicos

Bancários protestam contra as resoluções da Comissão Interministerial de Governança Corporativa e de Administração de Participações Societárias da Uni