Porto Velho (RO) terça-feira, 20 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Quinto lote de restituição do imposto de renda no banco hoje


Wellton Máximo 
Agência Brasil 
 
A Receita Federal fará, nesta segunda-feira (16), o crédito do quinto lote de restituição do Imposto de Renda 2006. O valor virá corrigido em 6,95%. O percentual levou em conta a taxa Selic de maio e setembro, além de 1% de correção referente a outubro. Nesse lote, será pago R$ 1,2 bilhão a 1.435.311 contribuintes com direito à restituição.

Quem não informou o número da conta para crédito da restituição deverá procurar uma agência do Banco do Brasil a partir de segunda-feira. Para pedir a transferência dos recursos para qualquer banco em que tenha conta corrente ou poupança, o contribuinte pode ainda ligar para 4004-0001 (nas capitais) ou 0800-729-0001 nas demais cidades.

O contribuinte que quiser saber se tem direito à restituição nesse quinto lote deve acessar a página da Receita na internet (www.receita.fazenda.gov.br) ou ligar para 0300-789-0300 do Receitafone.


 

Mais Sobre Política - Nacional

Sergio Moro escolhe delegados da Lava Jato para PF e departamento do MJ

Sergio Moro escolhe delegados da Lava Jato para PF e departamento do MJ

O juiz federal Sergio Moro, que assumirá o Ministério da Justiça no próximo governo, confirmou hoje (20) os nomes dos delegados Maurício Valeixo pa

Paulo Guedes quer secretaria de privatizações para acelerar a venda de ativos

Paulo Guedes quer secretaria de privatizações para acelerar a venda de ativos

O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, pretende criar uma Secretaria de Privatizações no governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) par

Haddad vira réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro

Haddad vira réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro

É a primeira vez que o petista se torna réu em ação criminal

O presidente eleito Jair Bolsonaro diz que soberania e leis do Brasil devem ser respeitadas

O presidente eleito Jair Bolsonaro diz que soberania e leis do Brasil devem ser respeitadas

Em meio a reações como a do governo cubano que decidiu suspender a parceira com o Programa Mais Médicos, o presidente eleito Jair Bolsonaro voltou a