Porto Velho (RO) segunda-feira, 20 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Quilombolas são retirados de área em Mato Grosso


Agência O GloboBRASÍLIA - Mais de 20 famílias de remanescentes de quilombos, que viviam na comunidade de Mata Cavalo, tiveram de deixar a área que ocupavam em duas fazendas, no município de Nossa Senhora do Livramento, região sul de Mato Grosso. A retirada foi decidida pela Justiça Federal do estado e os cerca de 100 quilombolas montaram acampamento na beira da rodovia MT-060.O juiz Jefferson Schneider, da 2ª Vara da Justiça do estado concedeu liminar de reintegração de posse a fazendeiros que reivindicam a propriedade da terra. As famílias foram retiradas pela Polícia Federal na última quinta-feira.O Quilombo de Mata Cavalo fica a 50 quilômetros de Cuiabá e tem cerca de 14 mil hectares. A área tem pelo menos 98 fazendas e está ocupada há mais de 20 anos por sem-terra, posseiros e fazendeiros, além de comunidades quilombolas.Em 1998 a comunidade de Mata Cavalo foi reconhecida como remanescente de quilombos pelo governo do estado do Mato Grosso. Quatro anos depois, um documento emitido pela Fundação Cultural Palmares deu a essas famílias o direito de ocuparem a área. Já em 2003, o processo de criação do território foi regulamentado por meio de decreto presidencial.Mas, na decisão da Justiça Federal de Mato Grosso, o título de quilombo não foi reconhecido porque o documento foi emitido sem que os antigos proprietários do local tivessem oportunidade de se manifestar. O Incra tem prazo de 90 dias para notificar os fazendeiros que estão no Quilombo de Mata Cavalo para apresentarem seus títulos de posse da terra.

Mais Sobre Política - Nacional

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

BLOG NOCAUTECom informações do Poder 360A Editora Abril, que já foi a maior do Brasil, acumulou dívidas de cerca de R$ 1,6 bilhão. Só na semana passad

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

O jornalista e escritor Palmério Dória denuncia em seu Twitter o cinismo escancarado do Grupo Globo em omitir o que ele chama de 'engenharia do caos';

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di