Porto Velho (RO) quinta-feira, 16 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

PT tem déficit de R$ 5 milhões na campanha de Lula e deve assumir a dívida


Ricardo Galhardo - Agência O GloboSÃO PAULO - O Partido dos Trabalhadores tem até esta terça-feira, às 19h, para prestar contas da campanha da reeleição do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Embora ainda tenha uma dívida de R$ 40 milhões, dos tempos do tesoureiro Delúbio Soares, o partido poderá ter que arcar com um déficit de cerca de R$ 5 milhões.Segundo reportagem publicada pelo jornal "O Globo" nesta segunda-feira, desde a semana passada, a coordenação da campanha corre para conseguir fechar o buraco. Se as contas não baterem, o candidato (Lula, no caso) é responsabilizado pela dívida, segundo a legislação. Mas, na prática, é o PT que deverá ficar com o prejuízo.- Na hipótese de ainda existir dívida, o partido terá que fazer gestões. O partido hoje não tem recursos previstos para o pagamento de dívidas a não ser aquelas do diretório nacional. Na ocorrência dessa situação vamos ter que apreciar - disse o secretário de Finanças do PT, Paulo Ferreira.

Mais Sobre Política - Nacional

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di

Sonegação de R$ 26 bi do Itaú vai a julgamento. É a maior da história

Sonegação de R$ 26 bi do Itaú vai a julgamento. É a maior da história

Está revogada a decisão do Carf que havia livrado o banco de pagamento de multa de R$ 26 bilhões por sonegação de impostos; é a maior da história...

Bancários se manifestam em Brasília em defesa de bancos públicos

Bancários se manifestam em Brasília em defesa de bancos públicos

Bancários protestam contra as resoluções da Comissão Interministerial de Governança Corporativa e de Administração de Participações Societárias da Uni