Porto Velho (RO) sexta-feira, 17 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

PT fecha o ano com dívida de R$40 milhões


Chico de Gois - Agência O GloboBRASÍLIA - O PT deve fechar o ano com uma dívida consolidada de R$40 milhões, sem contar os R$9,8 milhões de débitos ainda não quitados da campanha da reeleição do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Essa dívida nova foi assumida pelo partido e, segundo o presidente interino, Marco Aurélio Garcia, deverá ser saldada até o fim do ano.O fato é que o PT termina sua primeira experiência no comando do Brasil mais endividado do que começou, pelos números oficiais. O partido obteve a maior arrecadação em uma campanha eleitoral, com receitas que somaram R$93,4 milhões para gastos estimados em R$104,3 milhões.Do total dos débitos, o PT não reconhece uma suposta dívida de R$100 milhões, já corrigidos, que o publicitário Marcos Valério de Souza cobra do partido na Justiça. O valor refere-se a empréstimos que teriam sido tomados por Valério para a legenda em bancos mineiros e à parcela de outro, que ele pagou como avalista do partido - R$55.941.227,81 e R$351.508,20, respectivamente. O Partido renegociou débitos com bancos.

Mais Sobre Política - Nacional

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di

Sonegação de R$ 26 bi do Itaú vai a julgamento. É a maior da história

Sonegação de R$ 26 bi do Itaú vai a julgamento. É a maior da história

Está revogada a decisão do Carf que havia livrado o banco de pagamento de multa de R$ 26 bilhões por sonegação de impostos; é a maior da história...

Bancários se manifestam em Brasília em defesa de bancos públicos

Bancários se manifestam em Brasília em defesa de bancos públicos

Bancários protestam contra as resoluções da Comissão Interministerial de Governança Corporativa e de Administração de Participações Societárias da Uni