Quinta-feira, 25 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política - Nacional

PT e PCdoB querem formar núcleo duro na coalizão de governo


Cristiane Jungblut - Agência O Globo BRASÍLIA - Depois de encontro no Palácio do Planalto com o ministro das Relações Institucionais, Tarso Genro, o presidente do PCdoB, Renato Rabelo, disse que seu partido e o PT defendem uma espécie de núcleo duro dentro do governo de coalizão, que seria formado pelos partidos de centro-esquerda que apoiaram o presidente Luiz Inácio Lula da Silva desde o início, e incluiria também o PSB. Rabelo disse que o PT aprovou, em seu encontro da semana passada, a criação dessa frente de esquerda. - Essa opinião do PT é uma opinião que converge com o nosso ponto de vista. Essa coalizão, politicamente, tem um núcleo de centro-esquerda - disse Rabelo, para quem o PCdoB pode ganhar mais um ministério no segundo mandato, além da pasta dos Esportes. Ao lado de Rabelo, Tarso disse que é natural que as coalizões tenham núcleos, mas garantiu que essa frente não interferiria no conselho político que será formado por todos os partidos que apóiam o governo. O ministro disse que no conselho não haverá distinção entre os partidos. Tarso disse ainda que esse núcleo de esquerda seria uma instância apenas para os partidos pensarem o futuro, mas que o governo manterá uma relação igualitária com todos as legendas da coalizão, deixando claro que é um movimento dos partidos, e não do governo. - Não signfica que a frente de esquerda seja um segmento do conselho político ou uma tendência do conselho. O governo vai se relacionar de forma global com o conselho político. Todas as coalizões de centro-esquerda no mundo têm um núcleo de centro-esquerda, seja de um partido ou de um núcleo de partidos. É normal, mas o governo não distingue seus aliados, onde todos os partidos tenham o mesmo direito de presença e o mesmo direito de interlocução - disse o ministro. Tarso também descartou que esse grupo possa se unir para ter maioria no conselho. - Isso não ocorre porque num conselho político as decisões não são por maioria, e sim por consenso - disse.

Gente de OpiniãoQuinta-feira, 25 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou nesta sexta-feira (25) maioria de votos para determinar que a Câmara dos Deputados faça a redistribuição do

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

O Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (SInagências) conseguiu uma solução direta do governo após intensa articulaç

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Reservas foi instaurada em Rondônia para investigar possíveis irregularidades nos processos de criação

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Na tarde dessa segunda-feira (06), o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (SECOM), Paulo Pimenta, esteve r

Gente de Opinião Quinta-feira, 25 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)