Porto Velho (RO) domingo, 20 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

PT e PCdoB querem formar núcleo duro na coalizão de governo


Cristiane Jungblut - Agência O GloboBRASÍLIA - Depois de encontro no Palácio do Planalto com o ministro das Relações Institucionais, Tarso Genro, o presidente do PCdoB, Renato Rabelo, disse que seu partido e o PT defendem uma espécie de núcleo duro dentro do governo de coalizão, que seria formado pelos partidos de centro-esquerda que apoiaram o presidente Luiz Inácio Lula da Silva desde o início, e incluiria também o PSB. Rabelo disse que o PT aprovou, em seu encontro da semana passada, a criação dessa frente de esquerda.- Essa opinião do PT é uma opinião que converge com o nosso ponto de vista. Essa coalizão, politicamente, tem um núcleo de centro-esquerda - disse Rabelo, para quem o PCdoB pode ganhar mais um ministério no segundo mandato, além da pasta dos Esportes.Ao lado de Rabelo, Tarso disse que é natural que as coalizões tenham núcleos, mas garantiu que essa frente não interferiria no conselho político que será formado por todos os partidos que apóiam o governo. O ministro disse que no conselho não haverá distinção entre os partidos. Tarso disse ainda que esse núcleo de esquerda seria uma instância apenas para os partidos pensarem o futuro, mas que o governo manterá uma relação igualitária com todos as legendas da coalizão, deixando claro que é um movimento dos partidos, e não do governo.- Não signfica que a frente de esquerda seja um segmento do conselho político ou uma tendência do conselho. O governo vai se relacionar de forma global com o conselho político. Todas as coalizões de centro-esquerda no mundo têm um núcleo de centro-esquerda, seja de um partido ou de um núcleo de partidos. É normal, mas o governo não distingue seus aliados, onde todos os partidos tenham o mesmo direito de presença e o mesmo direito de interlocução - disse o ministro.Tarso também descartou que esse grupo possa se unir para ter maioria no conselho.- Isso não ocorre porque num conselho político as decisões não são por maioria, e sim por consenso - disse.

Mais Sobre Política - Nacional

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que