Porto Velho (RO) sexta-feira, 22 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

PSB diz que acusações de Gabeira tinham motivação eleitoral


Agência O GloboBRASÍLIA - Em nota divulgada nesta segunda-feira, a direção do PSB acusa o deputado Fernando Gabeira (PV-RJ) de tentar envolver o partido na máfia dos sanguessugas para ganhar votos. O PSB diz que Gabeira, sub-relator da CPI, esperou as eleições para reconhecer, na Justiça, que não tem provas das acusações que fez contra o partido em agosto. Em setembro, o deputado foi notificado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), atendendo a ação de interpelação ajuizada pelo PSB, para que provasse o suposto envolvimento do partido com a máfia."Só agora, passados mais de dois meses da notificação, o parlamentar fluminense apresentou sua defesa. Nos autos, porém, Gabeira não apresenta provas ou novidades sobre o caso. Limita-se a afirmar que é um deputado federal e, como tal, não se julga obrigado a responder a qualquer processo criminal ou civil. Ou seja, foge", diz o PSB. Para o advogado José Antônio de Almeida, que representou o PSB no STF, "está caracterizado o crime de abuso da imunidade parlamentar, instrumento jurídico criado para assegurar que representantes do povo não sejam intimidados ao defender interesses da população, mas não para acobertar afirmações levianas e inverídicas em detrimento da honra alheia". Segundo o advogado, ficou evidente que o objetivo de Fernando Gabeira foi um jogo político:- Ele aproveitou-se da boa-fé de parte da imprensa e de eleitores, dizendo-se paladino da ética e da moral que, comprovadamente, ele não é - afirma.

Mais Sobre Política - Nacional

Câmara dos Deputados: CCJC aprova projeto de política nacional de prevenção ao suicídio

Câmara dos Deputados: CCJC aprova projeto de política nacional de prevenção ao suicídio

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO), informou que Câmara dos Deputados, por meio da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC)

Vídeo: Mariana Carvalho comemora a aprovação do seu projeto em que o agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

Vídeo: Mariana Carvalho comemora a aprovação do seu projeto em que o agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

Projeto da deputada Mariana Carvalho (PSDB-RO) e do deputado Rafael Motta (PSB-RN) é aprovado no Senado Federal. O projeto determina que o agressor

APROVADO – Agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

APROVADO – Agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

O Plenário do Senado aprovou, nesta terça-feira (19), projeto que determina que o agressor nos casos de violência doméstica e familiar será obrigado a

Câmara dos Deputados aprova prioridade de matrícula para filhos de mulher vítima de violência

Câmara dos Deputados aprova prioridade de matrícula para filhos de mulher vítima de violência

Proposta permite ao juiz determinar a matrícula ou transferência de dependentes da mulher vítima de violência independentemente da existência de vagaO